22°C 26°C
João Pessoa, PB
Publicidade

Do Grupo Elizabeth à GHC Incorporações: Conheça a história de sucesso do empresário George Henriques Crispim

Do Grupo Elizabeth à GHC Incorporações: Conheça a história de sucesso do empresário George Henriques Crispim

09/07/2024 às 16h34
Por: Nailson Júnior Fonte: Vivass Comunicação
Compartilhe:
Do Grupo Elizabeth à GHC Incorporações: Conheça a história de sucesso do empresário George Henriques Crispim
Desde muito cedo, o empresário George Henriques Crispim entendeu que família e trabalho têm valor inegociável em sua vida. Natural de João Pessoa (PB), ele é o terceiro filho de José Nilson Crispim e Vera Maria Henriques Crispim. Sua trajetória profissional começou cedo, aos 16 anos, quando recebeu uma “proposta” do pai para integrar os negócios da família. "Eu não recebi um convite, era uma intimação", brincou George ao relembrar este início. Na época, o Grupo Elizabeth, fundado em 1984, ainda era uma empresa pequena e familiar, criada pelo patriarca. 
 
Decidido a se envolver nos negócios da família, George transferiu os estudos para o turno da noite e mergulhou nas operações da empresa. "Acredito que essa foi a decisão mais acertada, porque desde então eu dei ainda mais valor ao trabalho e entendi que ele dignifica o ser humano. Foram anos de intensa convivência com meu pai, que nenhuma faculdade ou escola no mundo poderia me transmitir os valores que ele passou para mim", refletiu com gratidão. 
 
Com dedicação e compromisso, George percorreu todos os setores da Elizabeth, formou-se em Administração e testemunhou o grupo expandir significativamente, tornando-se o maior produtor de porcelanato do Brasil. O primeiro grande desafio, no entanto, veio após a morte do pai, José Nilson, em 2011. "Na ausência do meu pai, que era o grande líder da empresa, muitos acreditavam que a Elizabeth iria se acabar, mas ao contrário disso, continuamos a crescer vertiginosamente. Tanto que, no começo de 2023, atingimos a maior capacidade de produção de porcelanato", afirmou George. Além das três fábricas na Paraíba, o grupo também estabeleceu unidades em Santa Catarina e no Rio Grande do Norte.
 
Entretanto, toda história de sucesso também exige renúncias. O desejo de explorar novos horizontes cresceu em George, motivando-o a desacelerar e aproveitar o contato com a família, enquanto dava novos passos em sua trajetória profissional. “Foi uma decisão muito difícil de ser tomada, porque era uma história de vida que começou com meu pai e foi transmitida aos filhos, mas foi uma mudança necessária. Eu buscava novos horizontes em minha vida”, explicou.
 
Em 2019, ele e o irmão, com quem dividia a co-presidência da Elizabeth, foram procurados por um grupo americano interessado em comprar a operação. Impulsionado pelo desejo de mudança, a proposta foi bem recebida, e as tratativas começaram. Logo em seguida, veio a pandemia e mais um baque para George com a perda de sua mãe, Vera Maria. “O maior desafio da minha vida foi a perda dos meus pais. Os dois estão com frequência no meu pensamento, ainda hoje sonho com meu pai. Foram períodos extremamente difíceis, porém acredito muito na perseverança”, emocionou-se. 
 
Esse pensamento e o desejo de recomeçar culminou na venda do grupo Elizabeth em fevereiro de 2023. “Minha experiência com a cerâmica Elizabeth é experiência de vida, de trabalho e de valores. Vendi a empresa, mas é algo inerente a mim, faz parte da minha essência. Essa experiência enriquecedora faz parte do que sou”, afirmou George, com muito vigor e otimismo.
 
Recomeço -  A aposentadoria nunca foi o intuito de George, que aprendeu desde cedo o valor do trabalho. O objetivo era se preparar para voltar ao setor industrial, mas seu novo propósito surgiu por meio de um amigo corretor que lhe apresentou um terreno e uma oportunidade de um novo negócio, num novo setor. “Fico muito feliz com essa luz que Deus colocou em minha vida e o começo de uma nova jornada de sucesso”, celebra.
 
Assim, George comprou o terreno e deu o primeiro passo para o Grupo Henriques Crispim, a GHC Incorporações -  uma homenagem aos pais. Aos 50 anos, com três filhos e casado com a empresária Anna Karina, George se sente energizado para os desafios que enxerga pela frente. A notícia da chegada da GHC Incorporações ao mercado de João Pessoa ressoou positivamente entre os outros players, refletindo a reputação de excelência criada por George enquanto esteve à frente do Grupo Elizabeth. “Grande parte do mercado já me conhecia como fornecedor, e se colocaram à disposição para me ajudar. Vamos procurar sempre oferecer produtos de altíssima qualidade para continuar e crescer. Desafios sempre acontecem, mas estou muito confiante em minha capacidade de superá-los”, garantiu o agora empresário da construção civil. 
 
Além da GHC Incorporações, o Grupo Henriques Crispim abriga a empresa GHC Imports, voltada para a importação de materiais de construção, que pretende atender lojistas, outras construtoras e e-commerce. O projeto está em fase inicial, mas assim como a GHC Incorporações já conta com grande empenho do empresário, além dos times de gestão e operação já contratados.“Tenho muita confiança no que eu faço e não tenho dúvidas de que vai dar certo. O grande desafio que estou vencendo é formar um time vencedor e estou muito feliz com minhas escolhas. Uma vez que esse time esteja completo, tenho certeza que o resultado do trabalho será de excelência”, assegurou. 
 
Outro investimento do empresário é no segmento de logística, com a GHC LOG, um complexo de logística localizado na cidade do Conde. Com as obras em fase avançada, 60% do complexo já está pronto e estima-se que esteja concluído até o final de 2024.
 
Uma nova obra de arte para galeria de Cabo Branco - Em dezembro de 2023, a GHC Incorporações apresentou para o mercado o seu empreendimento de estreia, o Artus Vivence, um projeto audacioso que chega com ares de obra de arte para compor a paisagem da Orla de Cabo Branco, assinado pelo renomado arquiteto paraibano Ricardo Nogueira, em parceria com o arquiteto paisagista Júlio Ono, do escritório de paisagismo Burle Marx, e João Armentano, responsável pelo projeto de Interiores.  
 
Com entrega prevista para 2027 e localizado à beira mar de Cabo Branco, o Artus Vivence une conceitos como minimalismo e design biofílico, com 76 unidades residenciais distribuídas em três torres — Océan, Harmonie e Plaisir -, sete elevadores e 1.500 m2 de área comum.  “O Artus Vivence é nosso primeiro empreendimento apresentado ao mercado e ele vem com uma proposta arrojada. Para nossos próximos lançamentos, vamos manter esse padrão”, revela George, entusiasmado com o futuro.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
João Pessoa, PB
26°
Tempo limpo

Mín. 22° Máx. 26°

27° Sensação
5.66km/h Vento
65% Umidade
67% (1.39mm) Chance de chuva
05h32 Nascer do sol
05h18 Pôr do sol
Qua 26° 22°
Qui 26° 21°
Sex 27° 22°
Sáb 26° 22°
Dom 26° 23°
Atualizado às 17h03
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,59 +0,25%
Euro
R$ 6,06 -0,10%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,59%
Bitcoin
R$ 389,805,52 -2,85%
Ibovespa
126,589,84 pts -0.99%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
ANUNCIE AQUI
Publicidade
Vagas de Emprego na Paraíba
jooble
Lenium - Criar site de notícias