23°C 27°C
João Pessoa, PB
Publicidade

João Azevêdo inaugura loja do Programa Novo Tempo e amplia projetos de reinserção no Sistema Penitenciário da Paraíba

Com 45 metros quadrados, a loja foi concebida com a utilização de mão de obra oriunda do Sistema Penitenciário, desde a instalação e confecção dos painéis em gesso 3 D, que também é um projeto de reinserção social

10/06/2024 às 11h02
Por: Nailson Júnior Fonte: Secom PB
Compartilhe:
João Azevêdo inaugura loja do Programa Novo Tempo e amplia projetos de reinserção no Sistema Penitenciário da Paraíba

O governador João Azevêdo participou, na noite desse domingo (9), em João Pessoa, da inauguração da loja do Programa Estadual de Reinserção Social pelo Trabalho e Capacitação Profissional Novo Tempo. Localizada no Espaço Cultural José Lins do Rêgo, no bairro de Tambauzinho, a loja vai expor e comercializar produtos confeccionados por reeducandos de todas as unidades do Sistema Prisional da Paraíba, com destaque para o "Castelo de Bonecas", da Penitenciária de Reeducação Feminina Maria Júlia Maranhão. Quem já está em liberdade também poderá utilizar o espaço para expor e vender seus trabalhos.

Com 45 metros quadrados, a loja foi concebida com a utilização de mão de obra oriunda do Sistema Penitenciário, desde a instalação e confecção dos painéis em gesso 3 D, que também é um projeto de reinserção social, até as luminárias, confeccionadas no Presídio de Areia, município do Brejo paraibano.

Na ocasião, o governador João Azevêdo ressaltou que a inauguração da primeira loja do Programa Novo Tempo consolida ainda mais a reinserção social nas unidades prisionais paraibanas. "É uma loja com produtos fabricados em 22 unidades do nosso sistema. Eu considero esse momento como um passo gigantesco nesses processos de ressocialização, em que estamos verdadeiramente dando oportunidade às pessoas que estão cumprindo sua pena. O reeducando, através de uma renda, tem a possibilidade de ajudar a família, com o trabalho desenvolvido reduzir a sua pena. E a sociedade contribuindo com esse processo fará com que essas pessoas entendam que têm uma segunda chance na vida", afirmou.

A primeira-dama do Estado, Ana Maria Lins, evidenciou o lado humano e de divulgação que a loja vai proporcionar aos projetos laborais do Sistema Penitenciário. "Eu tive a oportunidade de conhecer alguns desses projetos, como o Castelo de Bonecas, e vejo a abertura dessa loja como uma grande chance de a população conhecer todo o talento dos nossos reeducandos e reeducandas. Produtos confeccionados com muito carinho, por quem pede apenas uma segunda chance. E é importante que a sociedade abrace também essa causa, que compre os produtos expostos aqui, baratos e de muita qualidade", destacou.

O secretário de Estado da Administração Penitenciária (Seap), João Alves, disse que a abertura da primeira loja do Programa Novo Tempo demonstra a importância que a ressocialização tem para o Governo da Paraíba. "A inauguração desse espaço é muito importante, porque está num local de grande movimentação, que é o Espaço Cultural, que dará uma visibilidade enorme aos produtos, baratos e de grande qualidade. Sonhávamos com um espaço como este, por isso é um momento muito significativo", acrescentou.

Sentimento compartilhado pela diretora do Maria Júlia Maranhão, Cinthya Almeida, onde começou o Projeto Castelo de Bonecas, símbolo da ressocialização do Sistema Penitenciário da Paraíba. "A inauguração dessa loja é um grande avanço. Um espaço lindo, bem vivo, que demonstra, de maneira muito  clara, o sucesso da política de ressocialização na gestão do governador João Azevêdo, implantada no Sistema Penitenciário do nosso Estado. Antes, por exemplo, nós tínhamos dificuldades de expor os produtos do 'Castelo de Bonecas', o que a partir de hoje não vai mais existir", observou.
 
Marina Oliveira virou escritora dentro da Penitenciária de Reeducação Feminina Maria Júlia Maranhão. Exemplo da humanização do Sistema Penitenciário paraibano, ela foi enfática ao descrever a importância de mais este espaço: "Essa loja é uma iniciativa muito valiosa para nós, demonstrando que a ressocialização aqui na Paraíba é bem veemente, que acontece de verdade".

A inauguração da Loja do Programa Novo Tempo, que está localizada ao lado da livraria da Editora A União, foi prestigiada pelo vice-governador Lucas Ribeiro; pela segunda-dama Camila Mariz; pela presidente da Empresa Paraibana de Comunicação (EPC), Naná Garcez); pela gerente do Museu Casa de José Américo, Janete Rodriguez; pelo gerente-executivo de Ressocialização da Seap, João Rosas; e pela gestora do Programa do Artesanato Paraibano, Marielza Rodriguez, além da presidente da Fundação Espaço Cultural (Funesc), Bia Cagliani, que destacou a importância da parceria entre a Funesc e a Seap na ressocialização dos reeducandos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
João Pessoa, PB
29°
Chuva

Mín. 23° Máx. 27°

33° Sensação
6.69km/h Vento
74% Umidade
100% (24.36mm) Chance de chuva
05h30 Nascer do sol
05h12 Pôr do sol
Dom 27° 24°
Seg 27° 24°
Ter 27° 23°
Qua 27° 23°
Qui 26° 23°
Atualizado às 13h03
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,81 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 369,950,42 +0,60%
Ibovespa
121,341,13 pts 0.74%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
ANUNCIE AQUI
Publicidade
Vagas de Emprego na Paraíba
jooble
Lenium - Criar site de notícias