22°C 26°C
João Pessoa, PB
Publicidade

Tempo lavado em pedra

“As US, como nos conta a história, foram pioneiras no país. Chegaram e criaram um hábito de vestuário e uma dinastia. Após ela, muitas marcas foram surgindo e o jeans definitivamente incluído no guarda roupa informal dos brasileiros. Ele é sinal, em primeiríssimo plano, de moda casual, básica, curinga como a Tshirt. Combina com quase tudo.”

22/05/2023 às 14h57
Por: Nailson Júnior Fonte: por Edson de França
Compartilhe:
Tempo lavado em pedra

O jeans mais cobiçado do passado tinha nome popular e marca reconhecida. Chamava-se USTOP e era o representante mais “extravagante” de indício de qualidade na época. Por isso mesmo ser objeto de tanto desejo. Conferia, consequentemente, certo “status” a quem a trajasse e exibisse. Não se ouvia falar de outra marca concorrente. Nos conta a história: (...) em 1972 surgiu a primeira calça brasileira que desbotava igual as originais Lee: as US Top".

Parecia tão resistente, quase uma lona de caminhão, dura e durável. Era capaz de promover a graça de o signatário original da peça morrer, e a mesma permanecer usável por gerações. Exageros à parte, caso pegasse uma sujeirinha mais consistente era capaz de ficar em pé, autóctone, feito uma estátua. 

Coisas do tempo em que o sapato "kichute" era sucesso entre a moçada do colegial e o Colégio União era o chamariz para os postulantes a uma vaga na universidade, via Vestibular Unificado da Coperve. Do tempo onde desfilar de tênis Montreal era o “must” e ostentar a camisa de uma unidade escolar privada era estar entre os “tops dos tops”, sinal exterior de posse, "inteligência" e “formação qualificada”. Imagine-se usando uma USTop. 

Continua após a publicidade

As US, como nos conta a história, foram pioneiras no país. Chegaram e criaram um hábito de vestuário e uma dinastia. Após ela, muitas marcas foram surgindo e o jeans definitivamente incluído no guarda roupa informal dos brasileiros. Ele é sinal, em primeiríssimo plano, de moda casual, básica, curinga como a Tshirt. Combina com quase tudo. 

Atualmente, no mundo corporativo formal, já substitui a indefectível calça social, compondo parceria com paletós e blazers e fazendo parte de altas reuniões executivas. De calças apenas, o tecido transformou-se em casacos, shorts, mini shorts, camisas e o escambau. Até biquíni de jeans já existem por aí para o deleite dos fashionistas.

Como prevê toda evolução, mudam-se os conceitos e a qualidade acompanha. Hoje acho não ser mais possível encontrar facilmente pano de jeans similar ao primitivo US e, talvez, nem aquele seguisse a tez do original made United States. Por lá, sei, o jeans era utilizado para confecção de calças de mineiros, um povo que costuma viver solitariamente às margens da civilização, enfrentando as durezas dos recantos mais ermos em busca do sonho dourado. 

O cariri pernambucano virou símbolo de polo produtor de Jeans, malgrado a escassez de água que afeta a região. Deus sabe lá como, Santa Cruz do Capibaribe veste o nordeste. O jeans, no entanto, passou por mudanças óbvias. Perdeu, por exemplo, o BLUE retinto dos primeiros dias. Anda clareado e compartilhado em múltiplos tons de azul. O pano afinou. 

Nada mais garante sua longevidade. O tecido gasto ou mesmo rasgado virou moda. O mendigo, desde que in, virou moda. Quanto mais estragado for o tecido, melhor na fita o usuário posa. Tempos de ressignificação da mercadoria e do culto ao consumo do descartável. 

O jeanswear lavado a pedra (stonewear), ao lado do acidwear, é moda. Quanto mais puído o tecido melhor. Quanto mais embranquecido, melhor. Quanto mais rasgado, mais chic e desejado. Quanto mais variedades e possibilidades de tons ele oferecer, melhor. Quanto mais transparente, frágil, fugaz e caleidoscópico na aparência ele se apresente, mais representativo do espírito do  tempo que nos atravessa, nos conduz e lava, em pedra, será.

 

por Edson de França

 

 

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
A fogueira das polêmicas
Vida & Cultura Há 3 semanas Em Edson França

A fogueira das polêmicas

“Terminada a festa é a hora de analisar o estado de dilapidação herdado, contabilizando as polêmicas geradas durante o transcurso. Se bem que não somos disso, não é nossa natureza. Somos mais capazes de sobreviver às polêmicas e seguir em frente, sempre no aguardo das novas rodadas de desacertos.”
São João chegou
Datas Juninas Há 1 mês Em Edson França

São João chegou

“O São João é um produto que, pelas bandas do Nordeste, foi formatado e aperfeiçoado como manifestação popular com vocação para a tradição. Ganhou traços, trejeitos, dança, canto, ritmo, indumentária, moda, linguagem”.
Neste 1º de Maio
1º de Maio Há 3 meses Em Edson França

Neste 1º de Maio

Trabalha-se por que, então? Pela sobrevivência já falada, com o mínimo de dignidade, e para manter um nível de vida aceitável. Alimentação, saúde, moradia, educação, lazer, cultura e mesmo algum “consumismo básico”, afinal, ninguém é de ferro. A participação efetiva nesse mundo, parecem cantar os apologistas do sistema, se dá pela garantia do trabalho ou, em nosso meio, do emprego com um mínimo de garantias. Por esse prisma, contabilizamos milhões totalmente fora do círculo. Nada a comemorar, portanto”.
Radiografia do poder
Sociedade Há 3 meses Em Edson França

Radiografia do poder

“Poder de “permitir viver” ou “mandar matar”, como quem joga a moeda pro alto para ver se dá cara ou coroa. O vassalato é talhado para dar a vida por seu mestre ou amo. A recíproca, porém, nunca será verdadeira.”
Edson França
Sobre o blog/coluna
Nas Entrelinhas
Ver notícias
João Pessoa, PB
28°
Chuvas esparsas

Mín. 22° Máx. 26°

30° Sensação
6.17km/h Vento
65% Umidade
100% (4.41mm) Chance de chuva
05h32 Nascer do sol
05h19 Pôr do sol
Sex 27° 22°
Sáb 26° 22°
Dom 26° 22°
Seg 26° 23°
Ter 26° 23°
Atualizado às 11h03
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,63 -0,38%
Euro
R$ 6,12 -0,21%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,52%
Bitcoin
R$ 385,617,48 -1,87%
Ibovespa
125,981,33 pts -0.35%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
ANUNCIE AQUI
Publicidade
Vagas de Emprego na Paraíba
jooble
Lenium - Criar site de notícias