Maria da Penha

Programa Patrulha Maria da Penha inicia formação das equipes para atender mulheres da região do Brejo

A expansão do serviço para as cidades do Brejo foi anunciada pelo governador João Azevêdo

09/05/2022 17h33
Por: Nailson Júnior
Fonte: Secom PB

O curso de formação para capacitar os policiais militares, civis e equipe técnica que atuarão na expansão do Programa Integrado Patrulha Maria da Penha (PIMP) na região do Brejo, com sede na cidade de Guarabira, teve início nesta segunda-feira (9), no auditório do Sesc de Guarabira. 
 
A expansão do serviço para as cidades do Brejo foi anunciada pelo governador João Azevêdo e o processo de capacitação faz parte do início das atividades na região, que começou com o diagnóstico da área de abrangência, que será 40 cidades da região. Após o curso de formação, acontecerá a formalização dos protocolos de funcionamento com implantação prevista para início de julho deste ano.
 
A secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Lídia Moura, e a executiva da pasta, Cristiane Almeida, participaram da abertura do curso de 80 horas, o terceiro realizado na Paraíba com formação extensa que prossegue até o dia 20 deste mês. Também estiveram presentes o secretário Estado do Governo, Roberto Paulino, a capitã da Polícia Militar da Patrulha Maria da Penha, Gabriela Jácome, a coordenadora estadual, Mônica Brandão, e os representantes da Polícia Civil e Militar.
 
Em funcionamento em 60 cidades do Estado, incluindo a Região Metropolitana de João Pessoa, o programa funciona com sede em João Pessoa e Campina Grande. O serviço acolhe e monitora mulheres que solicitaram ou já estão com o deferimento das Medidas Protetivas de Urgência (MPUs), com intuito de salvaguardar a vida e a garantia de seus direitos humanos, através de atendimento jurídico, psicológico, de assistência social e intervenção policial, vigilância, acompanhamento e monitoramento do perímetro arbitrado pela justiça e apontado pela mulher protegida. 
 
Segundo a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Lídia Moura, o serviço deverá ter cobertura estadual e esta é a terceira expansão para o atendimento integrado nos casos de violência doméstica. “Estamos empenhadas e focadas na expansão deste trabalho, pois um dos índices importantes é que nunca perdemos nenhuma das mulheres atendidas neste serviço. Isso significa que o trabalho vem trazendo benefícios. Estamos com este curso de capacitação que forma realmente a equipe e, para isso acontecer, contamos com a parceria da Polícia Militar e Civil, além do Tribunal de Justiça da Paraíba”, explica Lídia Moura.
 
As ações da PIMP são desenvolvidas pela Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana em parceria com a Secretaria de Segurança e Defesa Social (Sesds), por meio da Polícia Militar, Polícia Civil, Coordenação das Delegacias Especializadas de Mulheres e o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB).  
 
PROGRAMA INTEGRADO PATRULHA MARIA DA PENHA
 
???? João Pessoa
Rua Rodrigues de Aquino, 378, Centro
(83) 3221-1673
 
???? Campina Grande
Rua Lourenço Porto, 179, Centro
(83) 3342-3856

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
João Pessoa - PB
Atualizado às 07h58
25°
Muitas nuvens Máxima: 30° - Mínima: 24°
25°

Sensação

13 km/h

Vento

94%

Umidade

Fonte: Climatempo
Vagas de Emprego na Paraíba
jooble
Nailson Junior
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
ANUNCIE AQUI
Igreja Nova Vida