Câmara Municipal

Presidente destaca apreciação de mais de 20 mil matérias e aproximação com o povo

Em seu pronunciamento, ele citou a apreciação de mais de 20 mil matérias apresentadas

28/12/2021 15h35Atualizado há 4 semanas
Por: Nailson Júnior
Fonte: Secom CMJP

O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), vereador Dinho Dowsley (Avante), fez um discurso de avaliação do ano legislativo durante a sessão desta terça-feira (28), que marcou o encerramento dos trabalhos em plenário neste ano. Dinho ressaltou as dificuldades impostas pela pandemia, mas destacou a capacidade de produção da Casa Napoleão Laureano, apesar das adversidades.

 

Em seu pronunciamento, ele citou a apreciação de mais de 20 mil matérias apresentadas, discutidas e votadas. "Não há paralelos na nossa história". Além disso, Dinho lembrou que desde o início de 2021, os vereadores da capital paraibana se voltaram para a aproximação com a população.

 

"Começamos o ano com o objetivo de fazer com que a Câmara voltasse a ser reconhecida como a Casa do Povo. Fomos para as ruas conversar com a população. Conferir como estava o transporte público, fomos também a escolas, postos de saúde, praças e à Barreira do Cabo Branco. Destas ações saíram projetos, requerimentos e emendas ao orçamento. Fizemos constar em lei punição para os FURA-FILA da vacina. Abrimos as portas da Câmara para um posto de testagem de Covid-19. Acompanhamos e cobramos um trabalho de excelência da prefeitura na imunização", lembrou o presidente.

 

Em sua retrospectiva, Dinho citou ainda as campanhas publicitárias orientando sobre os cuidados necessários para evitar contaminações pela Covid-19, além da instalação da CPI da Banda Larga, e a elaboração de ações para o enfrentamento do feminicídio em conjunto com a prefeitura, bem como a revisão do Plano Diretor da Capital. "Queremos projetar João Pessoa para um milhão de habitantes. E já estamos próximos disso".

 

Como saldo positivo do ano, Dinho ainda destacou a boa relação com o poder executivo que possibilitou a execução das emendas impositivas.

 

Finalmente, o presidente lembrou o desafio de gerir a CMJP com um orçamento bem menor que o do ano passado. "Este orçamento foi ainda mais achatado pela inflação do período, uma das mais altas desde o advento do Plano Real. Só para se ter uma ideia, a gasolina aumentou 73% em 2021. Isso eleva o desafio do gestor. Para fazer frente a isso, fizemos renegociações de contratos e cortamos na carne. Mas chegamos ao fim do ano com três folhas de pagamento de funcionários quitadas em 30 dias. Não devemos nada aos fornecedores. Mas o que me deixa mais gratificado quando saio às ruas é receber o retorno positivo da população. Obrigado e desejo a todos um Ano Novo repleto de realizações", resumiu ele.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
João Pessoa - PB
Atualizado às 01h10
26°
Poucas nuvens Máxima: 30° - Mínima: 24°
28°

Sensação

7 km/h

Vento

84%

Umidade

Fonte: Climatempo
Vagas de Emprego na Paraíba
jooble
Nailson Junior
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
Igreja Nova Vida
ANUNCIE AQUI