Fernando Macieira

Com samba e pagode, Fernando Macieira abre espaço na cena musical paraibana

Cantor e compositor mineiro transformou a paixão de adolescência em carreira profissional

11/11/2021 16h52
Por: Nailson Júnior
Fonte: Vivass Comunicação
Aos 13 anos, o mineiro de Belo Horizonte Fernando Macieira compreendeu que era pelo samba que seu coração batia mais forte. A descoberta aconteceu principalmente por apoio dos padrinhos, que foram os responsáveis por presentearem o afilhado com seu primeiro instrumento musical: um pandeiro. No processo de estudar e tocar o instrumento, Fernando descobriu que amava música e, com o passar dos anos, se identificou com o cavaquinho.
 
Em busca de aprofundar seus estudos na música, procurou os conselhos de Geraldinho Alvarenga - professor, produtor musical e integrante do grupo de chorinho Sarau Brasileiro. Foi Geraldinho que o incentivou a gravar sua primeira música autoral, “Apelo ao Pai de Santo”, que aborda a imigração nos Estados Unidos.
 
Em 2009, Fernando escolheu essa música para se inscrever no quadro “Garagem do Faustão”, no antigo programa da Rede Globo. O clipe, ainda que feito de maneira amadora, chamou atenção da produção do dominical e foi exibido, ao vivo, durante o programa. O músico também foi convidado para participar da versão web do quadro. No final do mesmo ano, contou novamente com a parceria do músico Geraldinho Alvarenga para gravar mais seis canções inéditas, todas de sua autoria.
 
As experiências foram moldando Fernando. Com  o passar dos anos, adquiriu maturidade musical e alcançou novos horizontes, como ao tocar em várias bandas do projeto Samba da Quadra, em Minas, e gravar um videoclipe com a participação de Thiago Delegado, um dos grandes músicos da cena do samba mineiro.
 
Trabalho autoral - Em 2018, o sonho que nasceu na adolescência culminou no lançamento do seu primeiro álbum “Segredos de Amar”, produzido por Felipe Fantoni e Márcio Brant. Fernando define sua música como um samba contemporâneo, no qual gosta de explorar novas sonoridades em seus trabalhos.
 
“Em meus shows, procuro fazer misturas, trazendo desde clássicos do segmento até regravações de outros estilos no formato de samba. Procuro fazer um repertório em que consiga me comunicar com todas as gerações”, afirma o cantor, que se inspira em grandes nomes da música brasileira, como Alexandre Pires, Xande de Pilares, Zeca Pagodinho, Jorge Aragão e Arlindo Cruz. 
 
Há dois anos, deixou Belo Horizonte e mudou-se para João Pessoa por motivos profissionais e agora, com o retorno gradual dos shows, está animado com o futuro de sua música na capital paraibana. “Venho em um longo processo de preparação e me encontro na minha melhor fase como artista para assumir esses novos desafios”, comenta. Para compor, Fernando Macieira não gosta da obrigação comercial de "música em escala". Para ele, a arte se deixa fluir. "Gosto de deixar a inspiração vir. Não gosto de forçar a situação. Quando a inspiração vem, costumo abordar sobre as coisas mais recentes que aconteceram na minha vida ou ao meu redor", explica.
 
Conheça os trabalhos - Os trabalhos já publicados de Fernando, assim como seus futuros lançamentos e agenda de shows, podem ser acompanhados pelas redes sociais:  
 
 
 
 
 
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
João Pessoa - PB
Atualizado às 11h00
31°
Muitas nuvens Máxima: 31° - Mínima: 25°
35°

Sensação

17 km/h

Vento

63%

Umidade

Fonte: Climatempo
Nailson Junior
Vagas de Emprego na Paraíba
jooble
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
Igreja Nova Vida
ANUNCIE AQUI