UBS

Cabedelo inicia descentralização da aplicação da penicilina Benzatina para as Unidades Básicas de Saúde

Oficina foi voltada a médicos e enfermeiros da Atenção Básica municipal

13/10/2021 15h52Atualizado há 2 semanas
Por: Nailson Júnior
Fonte: SECOM CABEDELO

A Prefeitura Municipal Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sescab), via Vigilância em Saúde, promoveu, nesta quarta-feira (13), uma Oficina de Capacitação em Vigilância, Prevenção e Tratamento da Sífilis e da Sífilis Congênita. O objetivo foi qualificar os profissionais para a implantação da descentralização da administração da Penicilina Benzantina para Equipes de Saúde da Família.

O encontro, que aconteceu no Auditório da Secretaria de Educação, reuniu médicos e enfermeiros da Atenção Básica. O tema foi discutido na palestra do médico Otávio Pinho, que abordou o tratamento da enfermidade e os procedimentos de aplicação e segurança do medicamento. O evento também contou com as presenças da coordenadora do Núcleo de IST e Aids do estado, Joana Ramalho, e da representante do Conselho Regional de Enfermagem, Graziela Cahu.

“Estamos dando o pontapé inicial em um projeto que idealizamos implantar nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) ainda em 2018, logo no início da gestão. Sofremos alguns atrasos, mas hoje finalmente implantamos a aplicação da penicilina benzatina nas nossas unidades de saúde. A penicilina é uma droga largamente utilizada no mundo, mas subsistem alguns receios na aplicação dela distante de um local de suporte de emergência como um Hospital. Hoje desmistificamos todas essas questões, seguindo, inclusive, a portaria 361/2001 do Ministério da Saúde, que orienta o uso da penicilina benzantina nos PSF’s em patologias de relevância pública, como a sífilis e febre reumática", explicou o secretário da saúde, Murilo Suassuna.

A descentralização é válida a partir desta data, passando a ser realizada pela UBS de residência do usuário. Durante o evento, as unidades básicas receberam documentação norteadora e kit de urgência/emergência para dar suporte ao tratamento de intercorrência durante a administração da medicação na UBS, caso aconteça.

“Essa iniciativa é altamente relevante, pois conseguimos aproximar os nossos serviços de saúde da comunidade, principalmente das comunidades mais carentes, levando o tratamento para lá, para que ele não precise se dirigir a um hospital, vamos conseguir uma maior adesão , atingindo um público maior. Cabedelo tem um número significativo de diagnóstico de sífilis, que é uma doença tratável e de custo baixo de tratamento. Com a descentralização, estamos levando o tratamento para perto da população e barrando a transmissibilidade”, concluiu Suassuna.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Cabedelo - PB Notícias de Cabedelo - PB
João Pessoa - PB
Atualizado às 03h24
24°
Nuvens esparsas Máxima: 30° - Mínima: 24°
24°

Sensação

9 km/h

Vento

89%

Umidade

Fonte: Climatempo
Vagas de Emprego na Paraíba
jooble
Nailson Junior
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
Igreja Nova Vida
ANUNCIE AQUI