Luta

Dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência é celebrado com incentivo a inclusão profissional

27,7% da população paraibana tem algum tipo de deficiência, segundo IBGE

21/09/2021 14h47
Por: Nailson Júnior
Fonte: Pauta Comunicação

A Paraíba tem mais de um milhão de pessoas portadoras de algum tipo de deficiência, o que representa 27,7% da população, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). E, nesta terça-feira (21), é celebrado o Dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência. Porém, muitos ainda enfrentam grandes desafios, com a falta de inclusão e empregabilidade. Mas, esse cenário começa a mudar. Algumas empresas investem no equilíbrio perante a diversidade e têm como foco a inclusão social e contratação de pessoas com algum tipo de deficiência.

Reconhecida como uma das maiores geradoras de primeiro emprego no Brasil, a Arcos Dorados, franquia responsável pela operação do McDonald's, traz entre seus pilares de atuação ESG, a inclusão social e empregabilidade e reforça a importância da conscientização sobre a igualdade de direitos e oportunidades para as pessoas com deficiência. Por isso, no Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, a companhia destaca seu compromisso com a diversidade e com um ambiente de trabalho seguro e respeitoso para que todas as pessoas possam alcançar seu máximo potencial.

Dentre as suas principais políticas de inclusão está a contratação de pessoas com deficiência. Atualmente, a rede emprega cerca de 1.500 funcionários com diversos tipos de deficiências em seus restaurantes por todo o Brasil.

Superação

É o caso de Eriwellton da Silva Santos, 31 anos, Gerente de Plantão no restaurante McDonald's do Mangabeira Shopping, que teve sua vida completamente transformada há sete anos, quando sofreu um grave acidente de moto e teve que amputar uma de suas pernas e passar a utilizar prótese. "Foi um processo lento e doloroso. Fiquei três meses internado, passei mais de um ano tentando recuperar a perna, mas o tratamento não funcionou e os médicos tiveram que amputar. Fiquei muito abalado, tanto fisicamente quanto mentalmente. Eu era uma pessoa muito ativa e foi difícil me acostumar. Fiquei mais de três anos afastado do trabalho no McDonald's. Eu não acreditava mais na minha capacidade. Mas o apoio e ajuda dos meus colegas e da empresa foram fundamentais para eu conseguir voltar, me readaptar e superar minhas limitações", afirma.

Em 2017, quando retornou ao trabalho, Eriwellton passou por algumas dificuldades e teve que se afastar por mais um tempo, pois sua prótese começou a incomodar gerando ferimentos em sua pele.  Mas teve muito apoio dos colegas, dos Gerentes e do Consultor de Operações. Sensibilizados pela situação, todos os Gerentes arrecadaram uma quantia para que ele pudesse comprar uma prótese com qualidade melhor. Eriwellton também contou com suporte de uma equipe composta por fisioterapeuta, educador físico, entre outros profissionais e, com o apoio de todos e sua força de vontade, conseguiu retornar ao trabalho e a suas atividades cotidianas.

"Eu recebi um grande apoio de todos os colegas do trabalho e da empresa para eu me refazer e voltar de onde eu tinha parado. E isso foi muito importante para mim. Eles sempre confiaram em mim, me trataram como igual, como uma pessoa capacitada, mesmo com algumas dificuldades que eu tinha, e isso fez eu me sentir muito forte e superar os desafios", declara.

Para Eriwellton, a cultura da empresa de apoiar pessoas com deficiência foi fundamental. "Quando eu voltei, uma coisa que me chamou atenção foi a realidade da empresa em relação às pessoas com deficiência. Muitas delas trabalhando no Méqui, sempre com um suporte e apoio. E isso é uma das coisas mais bonitas dentro da empresa. Ela consegue acolher todos os grupos sociais, com uma grande diversidade e inclusão, onde todos têm espaço para crescimento. O respeito da companhia se reflete nesse ponto e me motiva cada dia mais, com uma equipe incentivadora e que me faz evoluir sempre," conta.

Hoje, ele tornou-se um exemplo de superação e motivação para todos que trabalham com ele. "Foi um processo lento, mas o apoio que recebi foi muito importante. Hoje, até sou exemplo para alguns funcionários. Eles veem a minha superação e dedicação e se inspiram. E usei esse apoio que recebi e a minha força para mudar muita coisa na minha vida. Já estou na minha terceira especialização e luto jiu jitsu, faço atividade física e tento evoluir sempre em todas as áreas", celebra Eriwellton.

 

Rede está com vagas abertas

Atualmente, os restaurantes do McDonald's estão com vagas abertas. A Arcos Dorados, que tem como um de seus pilares de atuação a inclusão, é pioneira na empregabilidade de pessoas com deficiência, com um programa de contratação que foi criado mesmo antes da Lei de Inclusão Social ser aprovada em 2004. Ao ingressar na companhia, as pessoas com deficiência recebem um olhar individualizado e possuem treinamentos adaptados pensados para a sua segurança. Não existe tempo limite para a aprendizagem ou cobrança para que aprendam a atuar em todas as estações de trabalho. Durante a execução do programa de treinamento, são observadas em quais funções a pessoa tem mais habilidade e, portanto, em quais poderá melhor se desenvolver. Os interessados podem se inscrever através do link: https://jobs.kenoby.com/mcdonalds

3comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
João Pessoa - PB
Atualizado às 02h24
24°
Poucas nuvens Máxima: 30° - Mínima: 24°
24°

Sensação

7 km/h

Vento

83%

Umidade

Fonte: Climatempo
Vagas de Emprego na Paraíba
jooble
Nailson Junior
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
ANUNCIE AQUI
Igreja Nova Vida