Previdência

Reforma da previdência municipal mais uma vez foi tema de pronunciamento na CMJP

Na sessão ordinária desta terça-feira (4), Marcos Henriques (PT) solicitou a retirada da matéria da tramitação legislativa da Casa

04/05/2021 19h28
Por: Nailson Júnior
Fonte: Secom CMJP

O vereador Marcos Henriques (PT), na sessão ordinária da Câmara Municipal de João Pessoa

(CMJP), desta terça-feira (4), mais uma vez, abordou a reforma da previdência dos servidores da

Capital paraibana. Em seu pronunciamento, o parlamentar solicitou a retirada da matéria de

tramitação.

“Vou me pronunciar motivado pelos servidores de nossa cidade, que estão analisando

minuciosamente a reforma da previdência municipal. Peço que a CMJP possa ser signatária do

pedido de retirada dessa matéria da nossa pauta legislativa. Essa reforma dever ser refeita, pois da

forma que foi apresentada está inepta”, pontuou o vereador.

Marcos Henriques ressaltou que já foi aprovada a reforma da previdência que aumentou de 11%

para 14% a alíquota de contribuição previdenciária dos servidores. Ele afirmou que quando a

reforma for discutida entre os servidores e a Gestão Municipal poderá haver um acordo. Ainda

segundo ele, os cálculos atuariais não estão demonstrados na reforma.

“Fui muito bem recebido pela superintendente do Instituto de Previdência Municipal (IPM),

Caroline Agra, que demonstrou desprendimento e disposição ao diálogo. O projeto necessita ser

construído de forma solidária entre servidores e Gestão. Precisamos discutir a política de

remuneração e a realização de concursos públicos, para garantir mais servidores efetivos do que

aposentados. Vamos debater o tema para evitar que se torne uma batalha judicial”, sugeriu.

Junio Leandro também comenta o tema

O vereador Junio Leandro (PDT) também se pronunciou sobre o tema dizendo que está estudando a

matéria, através das diversas reformas já realizadas pelo país afora. Ele sugeriu a realização de uma

audiência pública para debater o assunto com toda a população. “Muito do que está sendo

apresentado nesta reforma é desnecessário. O reajuste de 11% para 14% na alíquota de contribuição

previdenciária dos servidores já é o bastante”, afirmou.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
João Pessoa - PB
Atualizado às 13h39
30°
Nuvens esparsas Máxima: 29° - Mínima: 22°
34°

Sensação

22 km/h

Vento

66%

Umidade

Fonte: Climatempo
Nailson Junior
Municípios
PMJP
Últimas notícias
Unimed
Mais lidas
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI