Abril Vermelho

Especialista destaca importância de monitorar a pressão arterial em não hipertensos

Cardiologista Verônica Garcia, cooperada da Unimed João Pessoa, explica que a medida é essencial em pessoas com histórico da patologia na família

Nailson Junior

Nailson JuniorCrônicas PBNews

26/04/2021 17h50
Por: Nailson Júnior
Fonte: Assessoria ViVASS

Frequentemente observada na população adulta, a hipertensão arterial é um problema crônico que não apresenta sintomas na maioria dos casos. Por causa dessa característica, essa patologia merece atenção e cuidados redobrados.

A cardiologista Verônica Garcia, médica cooperada da Unimed João Pessoa, orienta que é preciso criar o hábito de aferir a pressão arterial em domicílio, mesmo em pessoas que não sejam hipertensas. “A medida é importante principalmente quando há casos de pais e familiares hipertensos, pois há uma probabilidade dez vezes maior de herdar a patologia”, alerta.

Segundo a médica, a conduta de aferir a pressão arterial é importante porque o hipertenso pode sofrer consequências sem saber que o problema existe. “Quando não controlada, a hipertensão arterial pode desencadear insuficiência renal, infarto do miocárdio, cardiopatia hipertensiva e até acidente vascular cerebral. Por outro lado, se for bem cuidada, é possível conviver bem e ter vida longa”, explica.

Prevenção - De acordo com o Ministério da Saúde, há mais de 30 milhões de hipertensos no Brasil, mas apenas 10% fazem o tratamento adequado. Não fumar, moderar o peso, diminuir o consumo de sal, adicionar mais verduras cruas na alimentação, evitar massas, refrigerantes, bebidas alcoólicas e doces são os principais hábitos para prevenir e controlar a hipertensão. “Também é importante diminuir o estresse e encarar as adversidades da vida com mais leveza”, orienta Verônica.

A aposentada Maria Lourenço, de 73 anos, descobriu que tinha hipertensão arterial há mais de 40 anos. Segundo ela, apesar dos pais serem hipertensos, nunca apresentou sintomas. “Foi durante um exame de rotina que a aferição mostrou a pressão arterial muito elevada. Comecei a tomar medicamentos e, desde então, não parei mais. Foram diversas mudanças até chegar em um remédio que controlasse”, conta.

Atualmente, Maria leva uma vida normal e conta que não descuida da saúde. “Faço aferição em casa e também o acompanhamento frequente com o médico. Além disso, pratico exercícios como caminhadas e me alimento de forma saudável”, diz.

Diretrizes - Estudos da Sociedade Brasileira de Cardiologia trouxeram avanços no contexto do diagnóstico, avaliação e tratamento, publicados na Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial (DBHA) 2020. De acordo com as análises, pessoas sem hipertensão, mas que têm pais hipertensos, devem ficar atentas às aferições iguais ou superiores a 130x80 mmhg. “Esse resultado indica a necessidade de buscar ajuda especializada. A partir daí, já é importante iniciar imediatamente a mudança nos hábitos de vida”, diz.

Em ambiente hospitalar, segundo Verônica, as aferições feitas por profissionais de saúde até 140x90 mmhg são consideradas normais. A especialista também ressalta que é essencial realizar avaliações frequentes. “Os que estão muito bem, fazendo exercícios físicos, se alimentando corretamente e tomando medicação devem buscar o médico uma vez ao ano. Já os que têm comorbidades, dificuldades para controlar os níveis de pressão e não se adaptam as medicações precisam de visitas mais frequentes e equipes multidisciplinares”, orienta.

O dia 26 de abril é marcado anualmente como o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. Durante o mês, é realizada a campanha “Abril Vermelho”, que tem o propósito de informar à população sobre a doença e os tratamentos.

Sobre a Unimed JP - Com 49 anos de tradição, a Unimed João Pessoa é uma cooperativa de trabalhos médicos que se consolidou como a melhor e maior operadora de planos de saúde da Paraíba. Além de mais de 1,8 mil médicos cooperados, possui a mais completa rede de assistência médico-hospitalar privada do Estado. São diversos hospitais credenciados, sendo dois próprios - um deles referência em alta complexidade -, além de clínicas, prontos-socorros e laboratórios à disposição de 150 mil clientes. Comprometida com o desenvolvimento sustentável, é signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU). Tudo isso garante à Unimed JP a liderança absoluta no segmento de saúde suplementar no mercado paraibano. Acesse www.unimedjp.com.br.

Outras informações:
Instagram: @unimedjoaopessoa
LinkedIn: /company/unimed-joao-pessoa
Facebook: /unimedjoaopessoa
Twitter: @unimed_jp

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
João Pessoa - PB
Atualizado às 14h09
30°
Nuvens esparsas Máxima: 29° - Mínima: 22°
34°

Sensação

22 km/h

Vento

66%

Umidade

Fonte: Climatempo
Nailson Junior
Municípios
PMJP
Últimas notícias
Unimed
Mais lidas
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI