Efeitos da pandemia

Controle de gastos e gestão financeira são essenciais em períodos de crise econômica

Efeitos da pandemia sobre os negócios devem permanecer ao longo de 2021 e gestão efetiva das finanças ajuda a evitar problemas

15/02/2021 17h35
Por: Nailson Júnior
Fonte: Pauta Comunicação

A pandemia de Covid-19 trouxe uma série de incertezas e desafios para governos e empresas de todo o mundo: de acordo com dados das Nações Unidas, a economia mundial recuou 4,3% em 2020, e as dificuldades econômicas devem continuar ao longo de 2021. Por isso, a gestão financeira deve ser uma prioridade das empresas, especialmente em tempos de crise, para o controle de gastos e a manutenção de um fluxo saudável. 

 

“Sem uma administração apropriada dos recursos financeiros, as empresas ficam mais suscetíveis e vulneráveis em época de instabilidade do mercado”, explica Fillipe Piomonte, gerente comercial do sistema de gestão financeira YpControl. “Com a pandemia, muitas empresas foram obrigadas a reduzir as atividades temporariamente, o que se traduziu em queda de faturamento. Se não houver um planejamento prévio e a preocupação em manter um limite de gastos e uma reserva de emergência, o resultado pode ser o encerramento definitivo”, alerta.

 

É precisamente nesses pontos que a gestão financeira atua. De acordo com o gerente do YpControl, muitas empresas ainda adotam práticas defasadas de gestão: a utilização de planilhas, falta de digitalização de documentos e a ausência de comunicação efetiva entre diferentes setores são problemas comuns que resultam na má ingerência dos recursos.

“Mesmo após a pandemia, a previsão é de que o cenário econômico ainda demore algum tempo para alcançar um nível de estabilização. Por isso é preciso que, desde já, as empresas adotem um sistema que concentre todas as informações financeiras em um único lugar, permitindo a tomada de decisões a curto, médio e longo prazo e o acompanhamento em tempo real da situação financeira da organização”, comenta Fillipe.

Gestor deve manter-se sempre um passo à frente

A utilização de um sistema integrado de gestão financeira permite que as empresas se mantenham sempre alertas a fatores como fluxo de caixa, contas a pagar e emissão de contratos e boletos. Com essas informações, é possível controlar os gastos e potencializar os resultados em períodos de crise. “É possível, assim, ter um controle eficiente das finanças, evitando gastos desnecessários que podem funcionar como uma reserva para os momentos mais difíceis. A empresa fica, dessa forma, sempre à frente de eventuais problemas”, conclui Fillipe.

 

Como controlar gastos em períodos de crise

·       Prever o cenário é essencial: o ideal é sempre realizar um levantamento das despesas previstas para os próximos meses;

·       Utilizar um sistema integrado de gestão financeira, que forneça informações em tempo real para a tomada de decisões e simplifique os processos, evitando despesas desnecessárias;

·       Diversificar as formas de pagamento e evitar o atraso no pagamento de contas;

·       Conhecer o fluxo de caixa e dividir as despesas fixas e variáveis ajuda a ter uma clareza maior sobre a saúde financeira da empresa.

 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
João Pessoa - PB
Atualizado às 22h02
24°
Alguma nebulosidade Máxima: 29° - Mínima: 23°
24°

Sensação

6 km/h

Vento

100%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anúncio
Municípios
Anúncio
Últimas notícias
Mais lidas
Anúncio