Unimed
Black Friday

Fecomércio espera alta de até 4,5% nas vendas da Black Friday

Com expectativa de aumento em vendas online, comerciantes podem buscar por mais facilidades nas formas de pagamento

18/11/2020 09h59
Por: Nailson Júnior
Fonte: Assessoria

Com a pandemia do novo coronavírus, a expectativa é que as vendas online durante a Black Friday, que acontece no dia 27 de outubro, sejam ainda maiores. De acordo com o presidente da Fecomércio Paraíba, o período do ano tornou-se muito relevante para o comércio, principalmente para o comércio online.

“Neste ano, na Paraíba, a expectativa é de um aumento entre 4% e 4,5% em relação ao mesmo período do ano passado”, detalha Marconi Medeiros, presidente da Fecomércio Paraíba, sobre as vendas durante a Black Friday. Com a expectativa do aumento das vendas pela internet, muitos comerciantes devem buscar saídas em formas diversas de pagamento.

Conforme Marconi Medeiros, os setores que devem apresentar melhor desempenho nas vendas são os de eletroeletrônicos, com destaque para os celulares, além de vestuário, calçados e material de construção.

Boa parte dessa expectativa de vendas está baseada no fato de que muitas empresas e microempresas migraram do físico para o digital ou passaram a funcionar de forma híbrido durante a pandemia do coronavírus.

Segundo uma pesquisa realizada pela Ebit/Nielsen, feita em parceria com a Elo, o faturamento com as vendas online subiu 47% apenas no primeiro semestre deste ano, totalizando R$ 38,8 bilhões de reais. Ao todo, foram feitos 90,8 milhões de pedidos entre janeiro e junho de 2020.

Com as vendas online em crescimento, muitos comerciantes precisaram buscar formas de pagamento mais viáveis para os consumidores. Leandro Xavier é diretor da Conpay, uma fintech de pagamentos e conta digital na Paraíba. Ele explica que o momento é crucial para as pessoas que possuem alguma loja virtual.

“No momento das vendas, os estabelecimentos precisam tentar facilitar o processo de fechamento, de quebra, agilizar o atendimento. Dar possibilidades de pagamento para o cliente facilita para que ele consiga encaixar aquela compra da melhor forma em seu orçamento. Possibilitar o pagamento no cartão, por exemplo, ainda evita que o vendedor tenha que passar troco ou mesmo que tenha que ir em outro local para conseguir trocar”, diz Leandro.

Um exemplo dessa variedade de formas de pagamento pode ser encontrado na Paraíba por meio da Conpay, que oferece pelo menos quatro opções para o comerciante escolher. Os pagamentos podem ser feitos por meio de:

  • Maquininha de cartão: para o comerciante que vende presencialmente, essa opção deve ser adquirida com urgência. Hoje em dia, as pessoas andam cada vez menos com o dinheiro em papel e os cartões têm sido uma preferência.
  • Boleto bancário: o boleto bancário, em compras online, funciona, de certa forma, como a função débito de um cartão, já que hoje em dia qualquer um deles é pago por aplicativo. Como algumas pessoas preferem evitar parcelar as compras, dar a opção do boleto bancário é fundamental.
  • Link de pagamento: essa opção também é uma facilitadora para os consumidores e comerciantes. Assim que os clientes escolhem o produto ou serviço que eles querem, eles serão redirecionados à página de checkout para que a venda seja concluída com sucesso. Por fim, fazem o pagamento e o comerciante terá oferecido a melhor experiência possível.
  • Split: Split de pagamento é um sistema indispensável para quem tem uma loja online e que precisa dividir os pagamentos entre os parceiros, fornecedores de produtos ou serviços. Na hora de finalizar a compra, é esse sistema que vai fazer a divisão dos valores entre a loja e os seus vendedores (ou fornecedores), em sistemas de e-commerce. Dessa forma, você divide os recebimentos entre sócios e parceiros.
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários