Isea

CRM-PB interdita eticamente UTI Neonatal do Isea de Campina Grande

A partir da zero hora desta quarta-feira (18) médicos estão impedidos de receber novos pacientes

18/11/2020 09h38Atualizado há 6 meses
Por: Nailson Júnior
Fonte: Assessoria

 O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) interditou eticamente os médicos que trabalham na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea), em Campina Grande. Conforme o diretor de fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa, que realizou vistoria nesta terça (17), a unidade não tem condições de receber novos pacientes por haver um surto de infecção bacteriana de alta resistência, que ocasionou três óbitos de bebês em 24 horas.

               Conforme foi denunciado por médicos do hospital e comprovado pela equipe de fiscalização do CRM-PB, o Isea sofre com superlotação constante, sucateamento e falta de equipamentos que permitem que haja adequada desinfecção, além da falta de profissionais.

               “Infelizmente, a UTI Neonatal não pode continuar funcionando desta forma e não tem condição alguma de continuar admitindo novos recém-nascidos”, afirmou João Alberto Pessoa.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Campina Grande - PB Notícias de Campina Grande - PB
João Pessoa - PB
Atualizado às 19h11
26°
Poucas nuvens Máxima: 31° - Mínima: 22°
28°

Sensação

11 km/h

Vento

84%

Umidade

Fonte: Climatempo
Nailson Junior
Municípios
PMJP
Últimas notícias
Unimed
Mais lidas
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI