Edson Ramalho

CRM-PB recebe denúncia de superlotação e suspensão de atendimentos no Edson Ramalho

Conselho notifica diretores de hospitais e de UPAs para resolverem regulação de fluxo de pacientes

15/09/2020 21h39
Por: Nailson Júnior
Fonte: Assessoria

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) recebeu ofício da diretoria técnica do Hospital da Polícia Militar Édson Ramalho, em João Pessoa, informando a superlotação da unidade e que, por este motivo, os atendimentos clínicos estarão suspensos a partir do dia 21 de setembro. De acordo com o documento, há cerca de 50 pacientes internados aguardando vagas no hospital ou em outra instituição de saúde. Com a pandemia, o número de atendimentos da unidade mais que dobrou, ficando acima da capacidade de atendimento do hospital.

               “Nesta quarta-feira (16) o CRM-PB irá ao hospital verificar as denúncias e, ao mesmo tempo, já notificou diretores de hospitais e UPAs, além da diretoria da Central de Regulação do Estado, para debatermos como será feito o fluxo de pacientes”, destacou o diretor de Fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa.

               A diretoria técnica do Hospital Édson Ramalho também informou ao CRM-PB que, diante da diminuição dos casos de Covid-19, as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) já deveriam iniciar o atendimento aos pacientes com outras enfermidades. Ainda conforme o documento do hospital, antes da pandemia a unidade atendia uma média de 1,6 mil pacientes por mês e que, atualmente, esse número aumentou para 4 mil atendimentos mensais.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
João Pessoa - PB
Atualizado às 06h05
25°
Poucas nuvens Máxima: 30° - Mínima: 24°
25°

Sensação

7 km/h

Vento

89%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anúncio
Anúncio
Municípios
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Anúncio
Anúncio