Anúncio
Tragéida

Atriz pornô brasileira morre após ser agredida, apedrejada e esfaqueada no Rio de Janeiro

Jovem, de 28 anos, ficou internada quase quatro meses em UTI após ter sido vítima de perfuração por arma branca na cervical

11/09/2020 17h45
Por: Nailson Júnior
Fonte: Revista Quem e ÉPOCA

 atriz Luane Honório de Souza, de 28 anos, conhecida no entretenimento pornô como Aline Rios, morreu após ter sido vítima de uma perfuração por arma branca na cervical, com sugestiva perfuração de via área.

A atriz pornô deu entrada no Hospital de Saracuruna – Adão Pereira Nunes, no dia 25 de maio, às 03h28, logo após um suposto desentendimento com a colega de quarto Vitória Roberta Alves da Silva, de 18, no dia 23 de maio. 

A vítima ficou internada 98 dias e faleceu no último dia 1. As duas eram amigas e moravam havia cinco dias em uma casa da família de Luane, em Nilópolis, na Baixada Fluminense. No local, foram encontradas três facas quebradas que teriam sido usadas no crime e estão sendo periciadas.

 

 

Investigação

De acordo com o delegado José de Moraes Ferreira, titular da 57a DP (Nilópolis), o crime aconteceu durante a madrugada. Mesmo ferida, Luane conseguiu ir caminhando até a rua e pedir socorro. Ela foi levada a pé por um homem até a UPA de Mesquita. De lá, foi transferida para o Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias. Na unidade, passou por uma cirurgia para reconstrução da traqueia, sofreu paradas cardíacas e foi para o CTI. Ela tinha ferimentos profundos também na cabeça e no rosto.

Segundo os depoimentos, Luane e Vitória se conheceram em Nilópolis há alguns anos. Em 2018, a atriz já havia sido agredida pela jovem, que tem uma anotação criminal por roubo na adolescência. “A Luane soube que a Vitória estava numa condição difícil, com dois filhos pequenos, e quis ajudar. Por isso, a levou para morar com ela. Mas ela já apresentava comportamento agressivo e nós tentamos alerta-la sobre isso, mas não adiantou”, disse a empresária Marcele Tolentino, de 39 anos, tia da atriz.

Na delegacia, Vitória assumiu o crime, mas disse ter agido para se defender. Ela está sendo indiciada por homicídio provocado por emprego de arma branca e sua prisão será pedida ao Poder Judiciário na próxima semana.

Homenagens

Estrela do cinema pornô, o ator Nego Catra lamentou a morte da colega. "Fiquei arrasado. falei com a Aline muito tempo atrás... É triste demais. Estou muito chateado", lamentou o ator.

Veterano em filmes pornôs, Tony Tigrão já trabalhou com Aline em algumas produções. "Já trabalhei com ela. Faz mais de cinco anos. Pelo que eu sei, ela não gravava há um tempo. Fazia muito tempo que eu já não a via... Ela era uma menina alegre, gente boa e de bem com a vida. Muito triste", comentou Tony.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários