Coordenação

Coordenação do Ano Cultural Mestre Benedito promove roda de debate sobre Coco de Roda para alunos do EJA

Coordenação do Ano Cultural Mestre Benedito promove roda de debate sobre Coco de Roda para alunos do EJA

18/09/2019 13h25Atualizado há 1 ano
Por: Nailson Júnior

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por intermédio da coordenação do Ano Cultural da Secretaria de Educação, segue promovendo atividades envolvendo professores e alunos da rede municipal. As iniciativas têm por objetivo debater informações sobre o Mestre Benedito, personalidade homenageada este ano, além de propagar as ações do projeto.

Nesta terça-feira (17), no Centro Cultural Mestre Benedito, foi realizada mais uma dessas atividades. Uma Roda de Debate apresentou a vida e o legado de José Benedito da Silva Filho, pai do Coco de Roda em Cabedelo. O evento reuniu cerca de 150 alunos provenientes do EJA (Educação para Jovens e Adultos) das escolas municipais Antônio Viana da Silva (Centro), Paulino Siqueira (Camalaú), Maria José de Miranda Burity (Praia do Poço) e Plácido de Almeida (Renascer III).

A Roda contou com a participação da coordenação geral do Ano Cultural –  formada pelos educadores Marileide Lourenço, Gracineide Berto e Sharlon Lucena – e com 'Têca do Coco' e Mônica Carneiro, respectivamente, filha e neta do Mestre Benedito. As duas  comandaram o bate papo, que também explicou particularidades da manifestação cultural Coco de Roda, sua origem em Cabedelo e suas características.

"Essa noite foi muito importante porque esses relatos sobre o Mestre Benedito e o coco de roda, de forma didática e atrativa, atendem aos nossos alunos. É uma realidade que eles ainda não conheciam, não sabiam essa parte da nossa história. O projeto do Ano Cultural propõe ensinamentos na sala de aula e também essa vivência. É o momento para o conhecimento mais aprofundado, e assim o aluno se apropria e valoriza mais a nossa cultura popular", destacou a coordenadora do Ano Cultural, Marileide Lourenço.

Terezinha da Silva Carneiro, a Teca do Coco, com muito carisma e simplicidade, mandou mais uma vez o seu recado: "É um prazer muito grande estar com pessoas mais novas perguntando sobre meu pai e tudo sobre o coco. Porque os jovens é quem vão fazer o nosso futuro. Temos uma origem muito humilde, mas o que somos aprendemos com os nossos pais. Do meu pai, passou para mim e meus irmãos; de mim já estou passando para minha filha e também queremos passar pra vocês... Pois é assim que lidamos com esse conhecimento. Além desse legado cultural, mesmo 'sem ter leitura', o meu pai nos ensinou muitas coisas: a sermos responsáveis, termos amor pela nossa família e também muito respeito pelas pessoas", destacou Teca.

Mônica Carneiro complementou as palavras da mãe com as informações do grupo. "Hoje temos 38 pessoas no grupo e 20 são da nossa família. Estamos passando essa cultura de geração em geração e já representamos nossa cidade em diversas localidades. A cultura está ligada com a educação, respeito e a valorização do ser humano... E antes nosso trabalho cultural não era valorizado, por isso que outros grupos acabaram, mas a atual gestão municipal tem mudado isso".

Depois de lotarem as cadeiras do Centro Cultural, os alunos saíram satisfeitos.

 "Hoje eu tive o prazer de conhecer Teca, de saber mais sobre o coco e sobre o Mestre Benedito, valeu a pena", comentou João Vitor, que estuda o 8° e o 9° ano no EJA da escola Plácido de Almeida.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
João Pessoa - PB
Atualizado às 18h12
27°
Poucas nuvens Máxima: 31° - Mínima: 23°
29°

Sensação

24 km/h

Vento

74%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anúncio
Anúncio
Municípios
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Anúncio
Anúncio