Quinta, 06 de Agosto de 2020
83 98864-4541
Policial Grupo

Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil prende homem com R$ 10 mil em notas falsas

Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil prende homem com R$ 10 mil em notas falsas

14/01/2019 17h33 Atualizada há 2 anos
Por: Nailson Júnior
Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil prende homem com R$ 10 mil em notas falsas

G

O Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil da Paraíba prendeu, no início da tarde desta segunda-feira (14), um ex-policial militar com  R$ 10 mil em notas falsas de R$ 100,00. A prisão de Cícero Avelino dos Santos, 52 anos, aconteceu no bairro Ernani Sátiro, em João Pessoa, quando ele transportava o dinheiro falso dentro de uma mochila.

O investigado estava pilotando uma moto quando foi abordado pelos policiais. Cícero Avelino foi excluído da Polícia Militar em 1991, e, segundo disse, o motivo foi por ter atirado em uma pessoa.

Cícero Avelino começou a ser monitorado pelos policiais do Grupo de Operações Especiais há uma semana, após uma denúncia anônima. “Recebemos a informação de venda de notas falsas e começamos a investigação. Cícero foi identificado e no início da tarde desta segunda-feira observamos quando ele passou por uma rua em atitude suspeita, decidimos abordá-lo e encontramos as cédulas falsas. Ele não revelou a origem do material, falou que comprou para revender durante as festas na Capital e no Carnaval. As notas apresentam uma falsificação grosseira, mas podiam representar prejuízo para os comerciantes que não têm o hábito de examinar as cédulas que recebem”, disse o delegado Joames Oliveira.     

Os levantamentos policiais mostram que Cícero Avelino já responde a processos por crimes de estelionato na Paraíba e no Rio de Janeiro, furto e apropriação indébita. Há quatro meses ele foi preso com notas falsas, mas recebeu a liberdade provisória. Agora Cícero vai responder por adquirir moeda falsa. A pena vai de 3 a 12 anos de reclusão. Por ser um crime federal, o investigado será apresentado à Justiça Federal e as cédulas falsas serão encaminhadas para o Instituto de Polícia Cientifica da Paraíba (IPC), onde serão periciadas. A polícia agora vai concentrar os trabalhos na identificação dos responsáveis pela fabricação das notas falsas e pela distribuição delas.         

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (07/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Sábado (08/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °