PBNEWS


VIOLÊNCIA URBANA

PM e Civil prende quadrilha suspeita de roubos a bancos

Dez pessoas foram presas e três adolescentes apreendidas na operação ‘Maria Bonita’, deflagrada pelas Polícias Militar e Civil nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (2), na cidade de Sousa, que fica no Sertão da Paraíba. A quadrilha, que era liderada por uma mulher de 28 anos, é apontada em envolvimentos de ataques a bancos […]

02/03/2018 16:48

Dez pessoas foram presas e três adolescentes apreendidas na operação ‘Maria Bonita’, deflagrada pelas Polícias Militar e Civil nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (2), na cidade de Sousa, que fica no Sertão da Paraíba. A quadrilha, que era liderada por uma mulher de 28 anos, é apontada em envolvimentos de ataques a bancos e assaltos a lojas na região.

Além dos presos, a operação teve como resultado a apreensão de um fuzil, três espingardas, dois revólveres, uma pistola, munições de vários calibres, colete balístico, mais de meio quilo de crack, três balanças de precisão, touca ninja, ferramentas, material para montar explosivos e uma grande quantidade de grampos, que possivelmente seriam usados nas ações contra instituições bancárias.

As prisões e apreensões aconteceram por meio de mandados de prisão e de busca e apreensão, cumpridos pelos policiais do 14º Batalhão da Polícia Militar, Batalhão de Operações Especiais (Bope) e 19ª Delegacia Seccional da Polícia Civil.

Foram presos Raimundo Rodrigues da Silva, 39; José Emerson Pereira de Sousa, 38; André Simeão da Silva, 19; Nelson Luís do Nascimento, 19; Edvaldo Andrade de Sousa, 36; Maria Débora Fernandes, 34, e o filho dela, Erli Fernandes; e a líder da quadrilha, Rafaela Fernandes Marcolino, 28, juntamente com os dois irmãos dela, Cícero da Silva, de 19 anos, e Francenildo Fernandes, de 34. Na operação, foram apreendidas três adolescentes, duas de 16 anos e a terceira, que é filha de Rafaela, de 13 anos.

Todos os presos e o arsenal apreendido foram levados para a 19ª Delegacia Seccional da Polícia Civil, em Sousa.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS