PBNEWS


Turismo

Hotelaria de João Pessoa tem taxa de ocupação de 91% para período de Carnaval

O Carnaval de João Pessoa vem ganhando força dentro e fora da Paraíba,a cidade apresenta um período pré-carnavalesco agitado, com muitos blocos. No entanto, na semana do feriado de Carnaval é possível desfrutar a tranquilidade da cidade, com o cenário paradisíaco das praias e a riqueza cultural do Centro Histórico.

01/03/2019 09:10

A Capital paraibana se divide entre as praias e a riqueza do Centro Histórico, uma combinação que tem atraído cada vez mais turistas. A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-PB) aponta que a taxa de ocupação na rede hoteleira é de 91,5% para o período de Carnaval neste ano, o que representa mais de nove mil pessoas hospedadas nos leitos cadastrados em João Pessoa. Em todos os feriados do ano passado, a taxa de ocupação hoteleira na Capital oscilou acima de 80%. Com o feriado prolongado, João Pessoa recebe muitos visitantes de estados vizinhos.

O Carnaval de João Pessoa vem ganhando força dentro e fora da Paraíba. A cidade apresenta um período pré-carnavalesco agitado, com muitos blocos. No entanto, na semana do feriado de Carnaval é possível desfrutar a tranquilidade da cidade, com o cenário paradisíaco das praias e a riqueza cultural do Centro Histórico. Essa junção cria o desejo de conhecer a cidade e aumenta o fluxo turístico.

Para o secretário de Turismo da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), Fernando Milanez, a divulgação da Capital em feiras especializadas tem incrementado a procura pela cidade. “Temos mostrado João Pessoa por vários lugares do Brasil e até exterior. A gestão do Prefeito Luciano Cartaxo tem tido um olhar bastante especial para o turismo com obras de infraestrutra e revitalização. Aliado a isso, o título da cidade criativa da Unesco nos coloca em outro patamar na rota turística. Temos que comemorar esse índice, mas acreditando que há espaço para um crescimento ainda maior”, destacou.FacebookWhatsAppTwitter

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS