PBNEWS


Turismo

João Pessoa recebe mais de 9 mil turistas no Réveillon

Mais de 9 mil turistas estão hospedados na rede hoteleira de João Pessoa para curtir o feriadão de Réveillon. O dado é da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-PB), que estima que a taxa de ocupação para esse período seja de 90%.

29/12/2015 14:23

Mais de 9 mil turistas estão hospedados na rede hoteleira de João Pessoa para curtir o feriadão de Réveillon. O dado é da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-PB), que estima que a taxa de ocupação para esse período seja de 90%. Atualmente, existem aproximadamente 10.500 leitos na cidade.  No entanto, a quantidade de turistas circulando na Capital paraibana é bem maior, já que muitos estão hospedados nas casas de parentes.

A festa da virada do Ano Novo será animada pela cantora Elba Ramalho, no Busto de Tamandaré, no Cabo Branco. A paraibana sobe ao palco logo após a queima de fogos, para entrar em 2016 com a energia. O evento, organizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), conta também com outras atrações.

O sertanejo Vinicius Mendes, ex-dupla Vinicius & Sobral, abre a programação da noite às 21h, seguido do DJ Cris L, que comanda as pick-ups com muito house e eletromusic, às 22h40 e nos intervalos entre os shows. Às 2h, já de 1° de janeiro, a Orquestra PB Pop, do maestro Rogério Borges, encerra a show virada ao som de muito frevo.

Estrutura e segurança – Um show de fogos vai saudar a chegada de 2016 na orla a partir da 0h. A contagem regressiva vai fazer os olhos se voltarem para o mar, onde a balsa com os fogos estará posicionada a uma linha de 500 metros de distância do Busto de Tamandaré.

O palco, de 322 metros quadrados, ladeado por dois painéis de LED, abrigará em suas laterais postos de atendimento do Corpo de Bombeiros, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Polícia Militar, Conselho Tutelar e Guarda Municipal. A estrutura será composta também por uma tenda de acessibilidade no Busto, com entrada permitida para um acompanhante, e 60 banheiros químicos nas ruas do entorno.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS