PBNEWS


Turismo

Hotéis da PB têm ocupação média de 72,77% em outubro

O Setor de Estatísticas da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) divulgou os números da pesquisa mensal da ocupação hoteleira na Grande João Pessoa e nas demais cidades turísticas do estado referente a outubro. A pesquisa apontou que 72,77% dos leitos disponíveis foram ocupados.  No período dos últimos 12 meses, a média da taxa foi de […]

15/11/2015 09:36

O Setor de Estatísticas da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) divulgou os números da pesquisa mensal da ocupação hoteleira na Grande João Pessoa e nas demais cidades turísticas do estado referente a outubro. A pesquisa apontou que 72,77% dos leitos disponíveis foram ocupados.  No período dos últimos 12 meses, a média da taxa foi de foi 71,74%.

Para a cidade de João Pessoa, porta de entrada dos turistas na Paraíba, foi registrado, em outubro, um total de 110.748 hóspedes, aumento de 6,9% na comparação com outubro de 2014. No acumulado de janeiro a outubro, o fluxo estimado apontou 1.011.070 hóspedes, aumento de 5,64% frente ao mesmo período do ano passado.

Na avaliação da presidente da PBTur, Ruth Avelino, os números da pesquisa mensal referentes à ocupação hoteleira confirmam o bom momento vivido pelo turismo paraibano. A executiva lembra que, desde o início do ano, confirmou-se uma tendência da rede hoteleira paraibana de trabalhar com uma ocupação média em torno dos 70%.

“Essa realidade é resultado de um trabalho contínuo de divulgação do ‘Destino Paraíba’, que apesar da crise econômica vivida pelo país, vem conseguindo bons números. Lembro ainda que tivemos um feriado prolongado em outubro que também contribuiu para elevar a ocupação dos leitos”, observou.

Origem do Fluxo – A pesquisa da PBTur mostra que a região o Nordeste continua sendo a principal emissora de turistas para o ‘Destino Paraíba’ com 40,02% de incidência. O Sudeste vem logo em seguida com 38,10%; Região  Centro-Oeste com 10,66%; Sul com 9,63%; e a  Região Norte com 1,59%. Os principais estados emissores do fluxo permanecem inalterados em comparação à pesquisa de setembro: SP (20,91%), PE (15,57%), RN (9,36%), RJ (8,84%) e MG (7,96%).

O fluxo estrangeiro registrou, no período de janeiro a outubro, redução de 13,28%. Os principais países emissores foram: Itália (21,08%), Estados Unidos (14,37%), Alemanha (13,54%), Argentina ( 10,59%) e Portugal (6,70%). No top 10 dos países emissores, entraram  Espanha e Uruguai e saíram China e Iran.

 

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS