PBNEWS


Saúde

FIEL JP realiza campanha de doação de sangue nest

A FIEL João Pessoa, torcida organizada do Corinthians na capital paraibana, realiza neste sábado (27), a partir das 09h, no Hemocentro de João Pessoa, mais uma edição da campanha “Sangue Corinthiano”. Trata-se de uma ação nacional, idealizada e promovida pela torcida corinthiana para conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue.

26/08/2016 11:05

A FIEL João Pessoa, torcida organizada do Corinthians na capital paraibana, realiza neste sábado (27), a partir das 09h, no Hemocentro de João Pessoa, mais uma edição da campanha “Sangue Corinthiano”. Trata-se de uma ação nacional, idealizada e promovida pela torcida corinthiana para conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue. Esta será a 19ª edição, com 28 postos de coleta espalhados por todo o Brasil.

A expectativa é que um bom número de torcedores corinthianos atenda o chamado, trazendo outros torcedores, amigos e familiares. A FIEL João Pessoa tem tradição com a campanha “Sangue Corinthiano”, pois participa desde o início, em 2008. Já o Hemocentro da Capital – localizado na Av. Dom Pedro II, n° 1119, no bairro da Torre – estará funcionando neste sábado das 07h às 17h e será novamente parceiro na realização da campanha. Vale lembrar que o possível doador deve apresentar no local um documento original com foto, emito por órgão oficial, como: Carteira de Identidade, Cartão de Identidade Profissional ou Carteira de Trabalho e Previdência Social.

Para o idealizador do projeto, Milton Oliveira, a campanha é uma oportunidade do torcedor(a) fazer aquilo que sempre cobra dos jogadores: vestir a camisa e dar o sangue. “Não importa se você é torcedor de arquibancada, de torcida organizada ou acompanha o Timão só pelo rádio ou TV. O importante é fazermos nossa parte na sociedade, doar um pouco do ‘Sangue Corinthiano’ que corre em nossas veias, ajudar a salvar vidas e mostrar ao Brasil o poder de nossa torcida”, afirma Oliveira.

O Brasil necessita diariamente de quase 6000 bolsas de sangue e centenas de cirurgias importantes são canceladas por falta deste líquido vital. Mas, cada vez que alguém doa sangue, pode salvar a vida de até quatro pessoas. A quantidade de sangue retirada não afeta a saúde do doador e a sua recuperação é imediata. Os tipos sanguíneos mais procurados são A+ e O+, enquanto que o tipo mais difícil de obter é o AB-, pois apenas 0,3% da população possui esta tipagem.

Para ser um doador de sangue, é necessário estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos e pesar no mínimo 50 quilos. Além disso, é preciso estar descansado (ter dormido pelo menos oito horas nas últimas 24 horas antes da doação), estar bem alimentado (evitando uma alimentação gordurosa pelo menos quatro horas antes da doação) e não ter ingerido bebidas alcoólicas véspera da doação.

Sangue Corinthiano – A campanha é realizada três vezes por ano, com o objetivo de conscientizar os torcedores sobre a importância deste ato e também torná-los doadores regulares, através da fidelização ao projeto. A primeira edição do “Sangue Corinthiano” ocorreu em setembro de 2008 e até agora já ajudou a salvar mais de 110 mil vidas. Inclusive, o sucesso da campanha deu origem a ONG Sobre Vivência , que desde 2010 é a responsável pela organização do projeto em todo o Brasil. “Uma torcida sem limite, por uma causa sem tamanho” é a frase que resume esta grande ação social e cidadã.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS