PBNEWS


Saúde

Comissão da Câmara Federal realiza inspeções em João Pessoa e Santa Rita

O ponto de encontro das entidades, imprensa e demais pessoas que participarão das inspeções será a Praça dos Três Poderes, a partir das 8 horas

04/07/2016 09:47

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados realiza nesta segunda-feira (4), a partir das 8 horas, inspeções em unidades de saúde de João Pessoa e Santa Rita. Na Capital, os deputados federais farão visitas ao Ortotrauma de Mangabeira (Trauminha), o Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena e o Hospital Municipal Santa Isabel. Em santa Rita, os parlamentares acompanharão o funcionamento do Posto de Atendimento Médico (PAM).wf

O ponto de encontro das entidades, imprensa e demais pessoas que participarão das inspeções será a Praça dos Três Poderes, a partir das 8 horas. De lá seguirão para Santa Rita. O segundo destino será o Trauminha, depois o Trauma. As visitas serão encerradas no Hospital Santa Isabel.

Logo após as visitas as unidades de saúde, os parlamentares iniciam a audiência pública a partir das 14h00, no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), na Capital. O autor do requerimento foi o deputado Wilson Filho (PTB-PB).

Segundo Wilson Filho, autor do pedido de realização da audiência pública, a presença da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara servirá para que se possa melhor entender o “quadro de calamidade por que passa esse setor”, na busca de soluções efetivas para os problemas em João Pessoa e nos outros da Região Metropolitana como Cabedelo, Bayeux e Santa Rita.

“Desde a primeira vinda da Comissão à João Pessoa não observamos qualquer mudança nos problemas encontrados pelos deputados que estiveram aqui. Então, como nada foi feito pela administração municipal, voltamos para realizar uma audiência com o objetivo de encontrar alternativas para a melhoria da saúde”, disse Wilson Filho.

Conforme o deputado Wilson Filho, todos têm direito a saúde de qualidade como determina a Constituição Federal que estabelece isso como um dever do Estado. Ele destaca que ninguém precisa ser especialista no assunto para ver que algo está errado na saúde pública no Brasil.

Fonte : Assessoria

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS