PBNEWS


Saúde

HTJP inicia vacinação de colaboradores contra a H1N1

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, iniciou, nesta segunda-feira (18), a campanha de vacinação de seus colaboradores, prevenindo dos três principais vírus circulantes no país. A vacina trivalente, fornecida pelo Ministério da Saúde, protege contra os vírus A (H1N1); A (H3N2) e influenza B do subtipo Brisbane.

18/04/2016 17:38

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, iniciou, nesta segunda-feira (18), a campanha de vacinação de seus colaboradores, prevenindo dos três principais vírus circulantes no país. A vacina trivalente, fornecida pelo Ministério da Saúde, protege contra os vírus A (H1N1); A (H3N2) e influenza B do subtipo Brisbane.

A vacinação acontece nos dias 18 e 19 de abril das 8h às 15h e das 18h às 22h, no hall da farmácia da instituição. Foram disponibilizadas mais de duas mil vacinas para os funcionários. Os colaboradores que vão se vacinar precisam apresentar crachá e o cartão de vacinação, uma vez que o controle sobre as doses está sendo bastante rigoroso.

Segundo a assistente social do Núcleo Interno de Regulamentação (NIR), Rejane Rodrigues, a imunização num hospital de grande porte é de extrema importância. “Achei bastante positivo a vacinação ser disponibilizada em dois dias, para que todos os funcionários consigam tomar a vacina”, salientou.

Para a biomédica da unidade de saúde, Cristiana Cirne, todos os funcionários precisam se vacinar para evitar doenças contagiosas. “Um hospital de Urgência e Emergência recebe diariamente pessoas que podem ter doenças virais e só descobertas horas depois, com exames, consequentemente, isso pode expor os funcionários. Essa vacinação aqui é essencial para prevenir qualquer doença como H1N1”, frisou.

Campanha – A campanha nacional de vacinação contra influenza começa no dia 30 de abril e vai até 20 de maio, segundo o Ministério da Saúde. Em clínicas particulares, já está disponível a vacina trivalente contra influenza de 2016. Já na rede pública, a vacinação contra influenza é destinada a alguns grupos prioritários: crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, idosos, profissionais da saúde, povos indígenas e pessoas portadoras de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade.

 

 

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS