PBNEWS


Câmara

Parlamentar defende sustentabilidade para sugerir transformação da Granja Santana em Parque Público

O vereador se pronunciou da tribuna da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) em alusão a passagem do 'Dia Mundial do Meio Ambiente'.

05/06/2018 14:27

Na manhã desta terça-feira (5), o vereador Lucas de Brito (PV) defendeu a sustentabilidade e a

Comissão é composta por cinco titulares e cinco suplentes, respeitando a proporcionalidade entre situação e oposição


racionalização dos gastos públicos com a sugestão da transformação da Granja Santana, Residência
Oficial do Governador da Paraíba, em um parque público. O vereador se pronunciou da tribuna da
Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), em alusão a passagem do 'Dia Mundial do Meio
Ambiente'.
“No 'Dia Mundial do Meio Ambiente', precisamos defender nossas riquezas naturais. Mas falar de
meio ambiente é falar também de sustentabilidade. Precisamos discutir sobre a necessidade de, em
pleno século 21 tenhamos uma Granja Oficial do Governo do Estado para desempenhar atividades
que poderiam ser realizadas no Palácio da Redenção, sede do Governo no Centro da cidade.
Enquanto poderíamos ter um Parque Público destinado a toda população da Paraíba”, defendeu o
vereador.
Lucas de Brito ainda destacou uma manchete do Jornal Correio da Paraíba, que fala sobre gasto de
R$ 1,3 milhões em despesas, por mês, na Granja. “Esse valor poderia comprar quatro mil cestas
básicas consumida em regalias que não se justificam. Precisamos da racionalização dos gastos
públicos. A Granja é supérfluo, é luxo, um desrespeito a sustentabilidade. Vamos fazer da
sustentabilidade, a pauta principal”, advogou.
Em aparte o vereador Marcos Henriques (PT) afirmou que a Granja Santana serve para recepcionar
as delegações que visitam o Governador da Paraíba. Ele então, questionou se o gasto não seria
muito maior, se ao invés da Granja as delegações fossem recepcionadas nos hotéis da cidade.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS