PBNEWS


Policial

Polícia prende dupla com ‘chapolin’ usado para desbloquear alarme de carro

Policiais civis da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (Roubos e Furtos) de João Pessoa prenderam em flagrante, na tarde desta segunda-feira (15), no estacionamento de um Shopping localizado no bairro de Mangabeira, Zona Sul da Capital, Felipe Eduardo Hellyenai Sousa Silva, 26 anos, e Kelveny Santana de Souza, 21 anos. Os dois são suspeitos […]

17/07/2018 10:31

Policiais civis da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (Roubos e Furtos) de João Pessoa prenderam em flagrante, na tarde desta segunda-feira (15), no estacionamento de um Shopping localizado no bairro de Mangabeira, Zona Sul da Capital, Felipe Eduardo Hellyenai Sousa Silva, 26 anos, e Kelveny Santana de Souza, 21 anos. Os dois são suspeitos de praticar furtos em veículos com o auxílio de um equipamento eletrônico conhecido como ‘chapolim’.

A polícia chegou até a dupla quando investigava denúncias de ocorrências de crimes de furtos em vários locais públicos. “Como eles agiam principalmente nos Shopping, eu informei aos chefes da segurança destes estabelecimentos comerciais sobre os suspeitos. Hoje, quando observavam o sistema de monitoramento, eles viram dois homens em atitude suspeita olhando os veículos. Fomos acionados e prendemos os dois em flagrante. Com a dupla encontramos dois ‘chapolins’, bloqueadores que quando acionados impedem o travamento do veículo”, disse o delegado da DCCP, Wagner Dorta.

Para não levantar suspeita das vítimas, os dois homens ficavam aguardando eles acionarem os alarmes com as travas dos carros e no mesmo momento apertavam o bloqueador. Sem perceber nada, a pessoa ia embora e neste momento a dupla abrias as portas e roubava todos os objetos de valor que estavam dentro do veículo. Agindo rápido e de forma natural para não atrair a atenção de quem passava ou dos seguranças dos locais. Além dos bloqueadores de alarme, os policiais também apreenderam com os dois suspeitos uma tesoura. Felipe Eduardo e Kelveny foram encaminhados para a Central de Polícia, no Geisel, onde vão aguardar a audiência de custódia.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS