PBNEWS


Paraíba

Cássio lamenta a morte de Dom José Maria Pires

“Mais do que bispo há 60 anos, função que ocupou em João Pessoa por quase trinta anos, Dom José Maria Pires foi uma voz que jamais se calou durante a ditadura, nunca coonestou com o autoritarismo, sempre se insurgiu contra a injustiça, lutou pela igualdade, pelo respeito, contra o preconceito e nunca desamparou aqueles que […]

28/08/2017 10:38

“Mais do que bispo há 60 anos, função que ocupou em João Pessoa por quase trinta anos, Dom José Maria Pires foi uma voz que jamais se calou durante a ditadura, nunca coonestou com o autoritarismo, sempre se insurgiu contra a injustiça, lutou pela igualdade, pelo respeito, contra o preconceito e nunca desamparou aqueles que sofrem, dedicando-se, durante os seus 98 anos de vida, ao exercício do amor de Deus e aos princípios que Cristo nos ensinou. Culto, afável, humilde, sábio, o mundo fica um pouco mais pobre sem ‘Dom Pelé’.”

Foi com esse curto e pungente depoimento que Cássio Cunha Lima lamentou a morte do arcebispo emérito da Paraíba Dom José Maria Pires, ocorrida, ontem à noite (27), em Belo Horizonte. Dom José tinha 98 anos e morreu no hospital, vítima de complicações decorrentes de uma pneumonia. Foi o quarto bispo da região metropolitana de João Pessoa e esteve à frente da Igreja Católica na Arquidiocese entre os anos de 1966 e 1995.

Assessoria – Senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS