PBNEWS


Mundo

Tentativa de golpe deixa pelo menos 60 mortos na Turquia

A Turquia amanheceu neste sábado ainda sob clima de conflito em Istanbul e na capital Ancara, mas com o governo Erdogan retomando o controle, O saldo da tentativa de golpe feita por uma facção do Exército turco foi de ao menos 60 mortos nas ações para tomada de prédios do governo e repressão a protestos nas ruas.

16/07/2016 07:04

A Turquia amanheceu neste sábado ainda sob clima de conflito em Istanbul e na capital Ancara, mas com o governo Erdogan retomando o controle. O saldo da tentativa de golpe feita por uma facção do Exército turco foi de ao menos 60 mortos nas ações para tomada de prédios do governo e repressão a protestos nas ruas. Até o começo da manhã (horário local), 336 suspeitos de participarem do que acabou classificado pelo presidente de “ato de traição” foram presos.turquia

A tentativa de golpe sofreu diversos retrocessos na madrugada deste sábado (horário local). Um caça F-16 da Força Aérea Turca derrubou um helicóptero Sikorsky das forças que anunciaram a tomada do poder, informou a presidência. A emissora estatal TRT foi retomada dos conspiradores e, por volta das 2h40min, o primeiro-ministro Binali Yildirim informou que a capital Ancara já estava sob controle do governo eleito. O Governo retomou maior parte do controle, mas células de conflito seguiam em Istanbul e Ancara no começo do sábado.

Muitos confrontos seguiram pelas ruas, entretanto, com disparos de metralhadora, tanques e sons de bomba. O prédio do parlamento concentrou conflito, com uma bomba tendo sido disparada no começo da madrugada. Não está claro se o bombardeio era das forças do governo tentando retomar o prédio, ou iniciativa dos autores do golpe militar.

Em incidente anterior, 17 policiais foram mortos no quartel-general das forças especiais do Exército em Ancara, informou a agência oficial Anatólia. Foram ouvidos disparos de metralhadora e de tanques enquanto as pessoas tomavam as ruas em protesto contra a tomada do governo, contrariando toque de recolher definido pelos autores da tentativa de golpe.

O presidente, Recep Tayyip Erdogan, estava fora da capital, mas assim que foi informado do golpe, interrompeu sua agenda para retornar. O avião com o mandatário pousou por volta das 3h20min em Istanbul, cidade mais populosa do país. Pouco depois, ele discursou à nação prometendo uma limpeza das forças armadas.

Fonte : Correio do Povo

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS