PBNEWS


Eleições

Chapa une gerações em favor dos corretores de imóveis

A Chapa Unidos pelo Trabalho, única registrada com vistas à eleição que ocorrerá na próxima quinta-feira para a nova composição do Conselho Pleno do Creci-PB para o triênio 2019/2021, se destaca, além da representatividade estadual por integrantes de vários municípios do estado e participação feminina, pela diversidade de gerações imbuídas do mesmo objetivo de fortalecer o Órgão e dar continuidade a atual e exitosa gestão.

08/05/2018 19:41

A Chapa Unidos pelo Trabalho, única registrada com vistas à eleição que ocorrerá na próxima quinta-feira para a nova composição do Conselho Pleno do Creci-PB para o triênio 2019/2021, se destaca, além da representatividade estadual por integrantes de vários municípios do estado e participação feminina, pela diversidade de gerações imbuídas do mesmo objetivo de fortalecer o Órgão e dar continuidade a atual e exitosa gestão.

Nesse sentido, a Chapa conta com a experiência de quase 39 anos de trabalho do corretor de imóveis José Paulino da Silva Filho, registrado junto ao Creci-PB em 13 de setembro de 1979 sob nº 250 e o entusiasmo de Lúcio Eduardo Trindade de Melo, que iniciou há pouco mais de dois anos na carreira, com registro junto ao Órgão sob o número 7825.

A eleição se dará através da internet, por meio do link www.votacreci.com.br e para facilitar a votação dos corretores, também nos Postos Eleitorais nas Delegacias existentes em Campina Grande, Patos, Cajazeiras, Conde, Santa Rita e na unidade móvel que ficará sediada na Praça Dr. Lima e Moura, no centro da cidade de Guarabira.

Requisitos para votação

O voto é obrigatório e àqueles que deixarem de fazê-lo estarão sujeitos à multa no valor equivalente ao de uma anuidade do ano da realização da eleição, corrigida até o dia do efetivo pagamento. A multa também será aplicada aos inscritos que deixarem de votar sem causa justificada.

Para poderem participar do processo eleitoral, os corretores de imóveis devem estar em dia com suas obrigações junto à Tesouraria do Conselho até a anuidade do exercício de 2017, dentre elas, anuidades, multas de processos administrativos e de eleições anteriores. O voto é facultativo apenas àqueles profissionais inscritos que até a data da realização da eleição (inclusive) tenham completado 70 anos de idade.

Composição da Chapa :

Confira abaixo a relação com os nomes dos 54 candidatos a conselheiros efetivos e suplentes que compõem a Chapa Unidos Pelo Trabalho:

Rômulo Soares, Fabiano Cabral, Clerton Franca, Ubirajara Marques, Assis Cordeiro, Zelirio Bezerra, Edson Medeiros, Josemar Nóbrega, Lamarck Leitão, Jair Alves Duarte, Alessandro Barbosa, Augusto Seixas, Marcos Rodrigues, Harry Medeiros, Rui Falcão, Alexandre Bezerra, Waldemir Lopes, Glauco Morais, Geison Araújo, Carla Bezerra, Roseli Cavalcanti, Wagner Barboza, Gerson Júnior, Flávio Gameiro, Ricardo Santos, Garibaldi Porto, Rui Moreira, Hilton Figueiredo, José Paulino, Alessandro Filgueiras, Walter Vasconcellos, Daniel Madruga, Francisco Bivar, João Henrique, Pedro Alcântara, Lucio Trindade, Eduardo Ramos, Pedro Gois, Antônio Alves, Thommas Magnum, Marleide de Farias, Ana Cristina de Lima, Tevânio Albuquerque, Francisco Pedrosa, Edkarla Nascimento, Germano Holanda, Karolina Montenegro, Gerlane Vinagre, José Roberto da Silva, Isaías Araújo, Alexandra Alexandre, Thiago Guerra, Ângela Renata e Francisco Renato.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS