PBNEWS


Educação

Servidores públicos municipais de JP cobram cumprimento de data-base

Há seis meses, o Fórum representativo dos servidores públicos municipais de João Pessoa, composto por entidades como Sintram, Sintem e Sindsaúde, vem tentando, sem êxito, uma audiência com o prefeito Luciano Cartaxo para discutir a questão da data-base que ocorre nesse mês de junho. O pedido, formalizado por ofício desde dezembro passado, já foi reiterado […]

21/06/2018 09:47

Há seis meses, o Fórum representativo dos servidores públicos municipais de João Pessoa, composto por entidades como Sintram, Sintem e Sindsaúde, vem tentando, sem êxito, uma audiência com o prefeito Luciano Cartaxo para discutir a questão da data-base que ocorre nesse mês de junho.
O pedido, formalizado por ofício desde dezembro passado, já foi reiterado três vezes, sem que qualquer resposta tenha sido dada até agora.
Essa situação tem causado crescente angústia e ansiedade entre os funcionários, muitos deles em setores como educação e saúde há mais de quatro anos sem qualquer aumento salarial, numa defasagem que chega a até 40%.
Nessa condição estão incluídos os professores prestadores de serviços e profissionais que deveriam ser contemplados com os reflexos do reajuste anual do Fundeb, a exemplo dos especialistas em educação, que são os técnicos das escolas, supervisores, orientadores educacionais, psicólogos escolares e cuidadores.
Os prestadores de serviços são ainda mais penalizados por receberem menos que os efetivos e estarem com os salários congelados há mais de quatro anos. O objetivo dos Sindicatos que compõem o Fórum é que o assunto seja posto à mesa de negociação, no sentido de que seja aprovada uma proposta que, em cumprimento à data-base, contemple tanto os professores especialistas no caso da educação e saúde, como outros funcionários.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS