PBNEWS


Economia

Saiba como ganhar um dinheiro extra no carnaval ; veja dicas

Enquanto algumas pessoas aproveitam o período de Momo para um bom descanso, outros visualizam a época do Carnaval ano como uma ótima oportunidade para ganhos extras, É um fato e dá para ganhar ,o ramo mais procurado no período carnavalesco, disparado, é do comércio de comidas e bebidas. Com ganhos imediatos, é o ramo que requer um maior cuidado pois ele lida com a saúde das pessoas que consomem.

06/02/2018 14:16

Muitos nos perguntam como é possível ganhar um dinheiro extra no período de Carnaval.

Enquanto algumas pessoas aproveitam o período de Momo para um bom descanso, outros
visualizam a época do Carnaval ano como uma ótima oportunidade para ganhos extras.
É um fato e dá para ganhar.

Mas é preciso ter alguma atenção e requer alguns cuidados.
O ramo mais procurado no período carnavalesco, disparado, é do comércio de comidas e
bebidas. Com ganhos imediatos, é o ramo que requer um maior cuidado pois ele lida com a
saúde das pessoas que consomem.

Seguem então algumas dicas para aqueles que queiram investir no período de Carnaval:

1 – A localização: fundamental, pois nela você encontrará uma maior quantidade de potenciais
clientes. Vejam quais serão as regras do poder municipal ou dos organizadores das festas para
que você consiga antecipadamente saber quais as condições para participar da folia e os
custos envolvidos e os locais disponíveis;

2 – Segurança do local: o seu negócio é o seu patrimônio, logo, não ponha em risco perder
tudo que você investiu tentando comercializar os seus produtos em um local onde você não se
sinta seguro e protegido;

3 – Fornecedores / compras: É muito importante a procedência das mercadorias, saber
comprar o que terá saída e o preço, pois lembre-se que seu preço terá concorrentes. Se você
não conhece bem o universo desse mercado, não compre para revender aquilo que você não
sabe se terá saída.

4 – Dimensionar as quantidades. Bebida e comida encalhada é prejuízo. Principalmente
comida, pois não recomendamos reutilizá-la; bebidas em algumas situações os fornecedores
vendem sob consignação (aquelas em que você pode devolver o que não foi vendido –
geralmente isso só ocorre com as bebidas quentes, como whisky, vodca e cachaça);

5 – Lanches rápidos: alguns tipos de comidas impõem a você uma maior disposição de tempo
e sacrifício na hora de preparar e na hora de servir. Se você não vai ter um ponto para que as
pessoas se sentem ou descansem, faça a opção do lanche rápido, àquele que você já pode
trazer embalado (lanches frios à base de queijo, saladas, etc). Há as opções de espetinhos
(carne e queijo) que são bastantes práticos pois já podem vir previamente preparados para
irem ao fogo;

6 – ÁGUA: nunca encalha e tem uma boa validade. Todo mundo procura água, mesmo aqueles
que consomem bebidas alcoólicas, pois estes em algum momento vão querer se hidratar.
Pense em ter uma boa quantidade para atender a multidão;

7 – TROCO: No carnaval tudo é rápido e dinâmico. Se previna e leve dinheiro de pequeno valor
para passar o troco. Dimensione de acordo com o tamanho do seu negócio. Não perca o
cliente, pois ele não tempo a perder e terá que correr atrás do bloco já que sua turma seguiu o
destino;

8 – PICOLÉ ou “sacolé” (“dindim”) também é uma boca dica, principalmente feito com as
frutas da nossa região já que tem bastante saída e boa rentabilidade;
9 – SABER CALCULAR O PREÇO: o segredo do negócio é pesquisar na hora das compras e saber
calcular o preço final do produto. De olho no mercado, já que você poderá enfrentar uma boa
concorrência de pessoas que tenham a mesma ideia. Lembre-se também que preço é
qualidade no atendimento. Duas pessoas que tenham preços semelhantes, ganha mais quem
for mais criativo, educado e com qualidade na hora de atender;

MAS NEM SÓ DE BEBIDAS E COMIDAS VIVEM O FOLIÃO

Há uma série de serviços que também podem servir de oportunidade de ganhos na hora da
folia de Carnaval.

Serviços como de transporte (VAN – a Lei Seca tem feito aumentar a procura por transporte
que conduza o folião para as festas); Confecção ou customização de fantasias e roupas;
Enfeites, pintura facial; massagens, etc., são opções que sempre encontramos nos lugares
aonde há um grande aglomerado de pessoas brincando o Carnaval.

Há quem alugue até a sua casa ou terraço para abrigar pessoas interessadas em brincar o
Carnaval com um ponto de apoio bem localizado em relação a passagem dos blocos. Inclusive
fornecendo bebidas e comidas no pacote.
Fique atento ainda que no dia seguinte as praias estarão repletas de potenciais clientes
independente de terem brincado na noite anterior.
Enfim, são dicas rápidas e simples e cabe a você tirar o melhor proveito do que você pretende
fazer nesse Carnaval para ganhar um pouco mais de dinheiro.
Lembre-se, um cliente nunca vai só ao Carnaval e sempre vai mais de um dia. Se ele for bem
atendido ele volta, os seus amigos te procurarão, todos os dias da Folia.
E para finalizar, faça um bom uso desse dinheiro. Se tem dívidas, pague primeiro aquelas mais
caras (normalmente as dívidas de cartão de crédito e contas bancárias tem juros absurdos). Se
não tem, planeje e invista os valores, pois o ano está só começando e os desafios ainda estão
por vir.
Bom Carnaval

Fonte :João Bosco Ferraz de Oliveira
Economista
Vice-Presidente do CORECON PB
Conselheiro Federal do COFECON

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS