PBNEWS


Cultura

Produzido pela TV Câmara JP, documentário sobre São João é exibido em várias partes do país

Vídeo foi exibido em TVs Legislativas da Bahia, Belo Horizonte e São Paulo

26/06/2017 19:47

O Documentário “Os Paraibanos e o São João”, produzido pela TV da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), foi exibido por emissoras legislativas de Marília (SP), Barreiras (BA), Sete Lagoas e Pouso Alegre (MG). O material, que descreve as características, religiosidade, música, culinária, turismo e economia envolvendo a festa junina na Paraíba, foi disponibilizado para todo o país numa plataforma de compartilhamento de conteúdo da Associação Brasileira de Rádios e TVs Legislativas (Astral).
A Diretora da TV Câmara JP, Mafalda Moura, destacou o papel da Astral na disseminação de conteúdos e da cultura de cada local: “Vimos na Astral oportunidade de difundir a cultura popular da Paraíba para todo o Brasil. E isso é muito importante, não só pra gente que disponibiliza, mas também para o telespectador de outra localidade, que conhece diferentes costumes. E esse também é o papel de uma TV Legislativa, valorizar a riqueza das nossas culturas”.
Para o Secretário de Comunicação da CMJP, Janildo Silva, a exibição do programa em outras cidades do Brasil é uma forma de reconhecimento do trabalho desenvolvido pela equipe de comunicação da Casa.
“É importante deixar claro que é um trabalho que está sendo desenvolvido há alguns anos pela equipe e demonstra solidez em um documentário que conquistou o respeito de emissoras legislativas. É um reconhecimento do talento, tanto das pessoas que fazem a TV Câmara JP, quanto da secretaria de comunicação, pois é um trabalho realizado de maneira integrada” enfatizou Janildo Silva.
Segundo o Diretor da TV Câmara de Barreiras (BA), município localizado no extremo oeste baiano, George Haendel Alves Medeiros, exibir conteúdos de diferentes cidades é uma forma de dar oportunidade ao telespectador de observar as similaridades e diferenças entre culturas, além de promover a disseminação de conteúdos regionais.
“A exibição de materiais com culturas de outras cidades é relevante para o aspecto do conhecimento que o telespectador tem a oportunidade de ter e para o processo de percepção da regionalização do outro”, afirmou, lembrando a facilidade do compartilhamento de conteúdo pela plataforma utilizada pela Astral e a qualidade dos materiais disponibilizados.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS