PBNEWS


Colunas

As crianças e a Mãe de Jesus

12/10/2018 11:50

Em 12 de outubro, no Brasil, homenageamos Maria Santíssima, Mãe Universal da
Humanidade, e as crianças, alegria do mundo! Os pequeninos sempre aguardam com expectativa esse
dia. Que Nossa Senhora Aparecida, uma referência dos Irmãos católicos à Mãe de Jesus, proteja do
mal as criancinhas!
Aproveito para lhes trazer um belo exemplo de Amor Fraterno, abençoado pela Mãe de Jesus,
que vem dos jovenzinhos. Apresentei-o, há vários anos, na Super Rede Boa Vontade de
Comunicação (rádio, TV e internet). Fui buscá-lo na obra Lendas do Céu e da Terra, de Malba
Tahan. Muitos de vocês talvez já conheçam esse conto, mas, diante dos graves problemas de
convivência humana no planeta, é importante ressaltarmos o que de bom igualmente existe para que
o bem seja multiplicado.
Vamos ao que Malba Tahan, pseudônimo do professor de matemática Júlio César de Melo e
Sousa (1895-1974), escreveu e a alguns comentários que fiz:
“Uma menina chinesa conduzia às costas um pequenino de dois anos de idade. Ao vê-la
passar, vergada ao peso daquela carga, um sacerdote perguntou-lhe:
“— É pesado, menina?
“— Não, senhor — respondeu ela, muito vivaz. — É meu irmão!
“Que linda resposta a desta menina! Atentem no profundo ensinamento que suas palavras
encerram! Como parece suave a carga quando levamos ao ombro o irmãozinho querido!
“Do mesmo modo, se seguirmos fielmente os preceitos evangélicos, seremos induzidos a levar
a Caridade a todos os nossos semelhantes. E o sacrifício em proveito do próximo, então, se tornará
muito leve, pois será feito por um irmão”.
Jesus, o Cristo Ecumênico, o Pedagogo Celeste, ensinou que nos devemos amar uns aos outros
como Ele nos amou e tem amado. E disse mais o Divino Amigo: “Somente assim podereis ser
reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros. (…) Não há maior
Amor do que doar a própria vida pelos seus amigos. (…) Porquanto, da mesma forma como o Pai me
ama, Eu também vos amo. Permanecei no meu Amor” (Evangelho, segundo João, 13:34 e 35; 15:12,
13 e 9).
Vale a pena destacar novamente o que disse a garotinha quando o religioso lhe perguntou se era
pesada a criança que carregava: “— Não, senhor — respondeu ela, muito vivaz. — É meu irmão!”
Reconheçamos também nesse irmão bem querido o Brasil, cujo verdadeiro progresso depende
da real dedicação de governantes e governados. Ora, meus jovens, quem não intuir ou entender essa
lição de Lendas do Céu e da Terra jamais compreenderá a solidariedade humana ensinada pelo Cristo
de Deus. Não será um bom menino, uma boa menina, um bom pai, uma boa mãe, um bom avô, uma
boa avó, um bom sacerdote, um bom político, um bom filósofo, um bom cientista, um bom
economista, um bom pedagogo ou professor, um bom artista, e assim por diante, porque, se não tiver
Amor Fraterno no coração, não saberá viver em comunidade, não poderá participar da Sociedade
Solidária Altruística Ecumênica, na qual todos compreendem que o sofrimento de um é o de todos.
Agora, a conclusão de Malba Tahan em sua página, na forma de tocante prece: “Ó Jesus,
Divino Modelo da Caridade, dai-me aqueles puros sentimentos de Amor ao próximo, de que nos
deixastes tão admiráveis exemplos; fazei, Senhor, que eu ame santamente os meus semelhantes por
Amor de Vós, que nunca deles suponha mal; que lhes acuda em suas necessidades; e que, sofrendo
suas fraquezas neste mundo, por amor de Vós [Jesus], possa um dia cantar com eles Vossos
louvores, [assim na Terra como] no Céu!”. Amém! Viva Jesus!

José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

Paiva Netto

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta, nasceu em 2 de março de 1941, no Rio de Janeiro/RJ, Brasil. É Diretor-Presidente da Legião da Boa Vontade (LBV), membro efetivo da Associa-ção Brasileira de Imprensa (ABI), da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), da International Federation of Journalists (IFJ), da Academia de Letras do Brasil Central, do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, do Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, do Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e da União Brasileira de Compositores (UBC).
Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS