PBNEWS


Colunas

O “ Natal “ dos novos tempos !

22/12/2016 09:47

Quando menino, nos primeiros anos da década de sessenta, sentia uma grande atração pelo Natal, festa na qual milhões de cristãos, de diversas denominações, celebram o nascimento do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Dos seis bilhões e meio de seres humanos, segundo dados recentes, mais da metade da população do nosso planeta não celebra o Natal, pois são seguidores de outras crenças religiosas ou, simplesmente, não crêem na existência de Deus.
Biblicamente, com uma simplicidade impressionante, o autor do Evangelho de Mateus, o apóstolo com o mesmo nome, nos capítulos um e dois, fala sobre o nascimento de Jesus Cristo, na cidade de Belém (da Judéia), sendo filho da jovem Maria (de, mais ou menos, dezessete anos de idade) e do carpinteiro José. Histórica e biblicamente, estávamos entre os anos 7 e 6 antes de Cristo.
Em nenhum dos quatro evangelhos, os autores sagrados tiveram a preocupação de estabelecer a data exata do nascimento de Jesus Cristo. Contudo, desde a Idade Média, cristãos, de diversas denominações e concepções doutrinárias, celebram o “Natal”, como a festa do “nascimento” de Jesus Cristo.
Sem entrar no mérito da questão, encontramos, nos tempos modernos, um Natal comercializado, onde a ênfase dos grandes comerciantes e empresários é a troca de presentes e mesas fartas.
Como o sentido do que poderia ser o verdadeiro Natal foi totalmente transformado pelo gênero humano! Oxalá, muitos, os chamados de pessoas de boa vontade (homens e mulheres que amam verdadeiramente a Jesus Cristo) continuem firmes na sua fé naquilo que seria o verdadeiro Natal. Afinal de contas, o mundo moderno, hedonista e sem Deus, não “precisa” de Jesus Cristo.
Natal sem Jesus, Natal sem fé, Natal sem esperança. Trocaram, infelizmente, o que não existe, o “Papai Noel”, pelo que existe e dá sentido ao existir humano: JESUS CRISTO.
Pode ser contraditório para muitos, mas, com conhecimentos de diversas áreas do saber (Cristologia, Bibliologia, História Mundial, Arqueologia, etc.), não desejarei aos meus leitores um FELIZ NATAL. DESEJAREI, SIM, BOAS FESTAS E UM FELIZ ANO NOVO.
Afinal de contas, a humanidade esqueceu de convidar a Jesus Cristo para a data em que “comemoram” o nascimento dele. Como diriam os franceses: isto é a vida. Tenho dito!

Fonte : Pastor Ruy Matos: escritor, capelão e professor de Capelania.

Nailson Júnior

Nailson Jr é radialista formado pelo Cefet-PB e também é presidente do portal www.pbnews.com.br com grande experiência profissional na área de jornalismo e comunicação.

Nailson Jr é evangélico e um homem de cristo.

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS