PBNEWS


Colunas

Rodada do paraibano

11/04/2016 10:59

Campinense é o único time invicto no Campeonato Paraibano

 

camDepois de 11 rodadas, o Campinense é o único time invicto no Campeonato Paraibano, depois da que do Botafogo para o Sousa por 3 a 1. A Raposa empatou com o Treze em zero a zero, neste domingo, pela fase do mata-mata da competição estadual.
CSP 0 x 0 CAMPINENSE ALMEIDÃO
CAMPINENSE 7 x 1 ESPORTE AMIGÃO
CAMPINENSE 2 x 0 ATLÉTICO AMIGÃO
BOTAFOGO 0 x 0 CAMPINENSE ALMEIDÃO
CAMPINENSE 0 x 0 TREZE AMIGÃO
CAMPINENSE 2 x 1 CSP AMIGÃO
ESPORTE 0 x 2 CAMPINENSE JOSÉ CAVALCANTI
ATLÉTICO 0 x 4 CAMPINENSE PERPETÃO
CAMPINENSE 1 x 1 BOTAFOGO AMIGÃO
TREZE 0 x 2 CAMPINENSE AMIGÃO
Treze 0 x 0 Campinense Amigão

Com o placar de 3 a 1, o Sousa conseguiu superar o Botafogo

 

Com o placar de 3 a 1, o Sousa conseguiu superar o Botafogo no estádio Marizão, vencendo de virada ficando com a vantagem para o jogo de volta. Botafogo que fez melhor campanha na fase de grupo desenhou vencer o jogo deste domingo, para buscar administrar a classificação em casa.
No estádio Marizão, na cidade de Sousa; Sousa 3×1 Botafogo, gols de Val aos cinco minutos, para o Botafogo e Tarcisio aos 43 minutos, do primeiro tempo; e Manu aos cinco minutos do segundo tempo, e Jeancarlo aos 25 minutos para o Sousa, no segundo tempo. Árbitro -Éder Caxias, enquanto que Oberto Santos e Broney Machado como assistentes. A renda somou F$ 19.050,00 para um público de 1.942 pagantes.
O time botafoguense chegou a fazer 1 a 0, com gol marcado por Val. Mas, o Sousa empatou ainda no primeiro tempo com Tarcísio e virou no segundo tempo com Manu e Jeancarlo, os dois de pênalti.
O Sousa agora pode até perder por um gol de diferença que está garantido na próxima fase do Campeonato Paraibano como determina o regulamento, explicação do setor jurídico da Federação Paraibana de Futebol.

 

CSP reverter vantagem com vitória contra o Paraíba

 

cspO CSP tirou a vantagem, do Paraíba ao vencer por 2 a 0, neste domingo, no estádio Almeidão, em João Pessoa, pelo mata-mata do Campeonato Paraibano de 2016. Agora, o Tigre pode perder até por um gol de diferença para se classificar.
O Paraíba por ter feito melhor campanha na primeira fase teria que empatar ou perder com gol mínimo e assim tentar administrar a classificação jogando por uma vitória com um gol de vantagem no jogo de volta.
Os gols de CSP 2×0 Paraíba foram marcados por Carlos Caaporã e Bruno Paraíba, ambos no primeiro tempo. Árbitro – Antonio Umbelino. Nas bandeiras trabalhando Luis Felipe e José Maria Neto. Renda R$ 17.760,00 com 1.776 notas ficais, pois não foi cobrado ingresso por determinação do presidente do CSP, Josivaldo Alves.

 

Santa Cruz arranca ponto contra o Auto Esporte

 

paraibano 2016O empate de zero a zero no estadio Almeidão não foi um negocio para Auto Esporte, mas beneficiou o Santa Cruz. O Auto somou o primeiro ponto. O Santa soma quatro. O jogo deste sábado valeu pelo torneio da morte do Campeonato Paraibano.
Com o resultado, o time do povo somou o primeiro ponto em dois jogos, pois já tinha perdido na estreio do torneio para o Atlético por 1 a 0, em Cajazeiras.
O Santa Cruz chega aos quatro pontos em duas rodadas, com uma vitória na estreia sobre o Esporte de Patos por 1 a 0, em Santa Rita e agora arranca este ponto no Almeidão.
O Auto Esporte contou com Adson, Yuri (Railson), Renan, David e Gilsinho, foi expulso aos 25 minutos do primeiro tempo; Tita, Ruan, Bruninho (Ítalo) e Emerson Bastos; Janderson (Messinho). O treinador foi Índio Ferreira.
O Santa Cruz comandado pelo treinador Ramiro Sousa contou com Wlademir, Ébano, Walber, Jefferson e Bruno; Paulinho, Clóvis (Yure Teles), Clebinho e Naldo (Marquinhos); Isaías (Caio) e Biro-Biro.
A renda somou 21.080,00 para 2.080 pagantes.
O árbitro foi Clizaldo Luis, com Giovanez Araújo e Geovani da Silva nas bandeiras. Foram premiados com cartão amarelo Railson, íTalo, do Auto Esporte; Ébano, Walber, Jeferson do Santa Cruz.
O treinador Ramiro Sousa achou pouco a conquista de um ponto e queria a vitória, contra o Auto Esporte. Ouça o que ele disse ao repórter Rivaldo Leite. Ele já se preocupa com o jogo contra o Atlético, em Cajazeiras.

 

Adilson Montengro

Adilson Montenegro

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS