PBNEWS


Colunas

Epitácio Pessoa

20/07/2015 13:31

A história e o legado do ilustre paraibano Epitácio Pessoa continuam vivos. A cidade paraibana

de Umbuzeiro (9.800 habitantes) recebeu e prestou, na última sexta-feira (17), homenagens

ao ilustre filho da terra: o ex-presidente Epitácio Pessoa. O evento festivo foi para comemorar

os 150 anos de nascimento do seu filho mais ilustre e contou com a presença do embaixador

Carlos Alberto Pessoa Pardellas, neto do homenageado, que atualmente reside no Rio de

Janeiro.

A solenidade representou a segunda etapa das comemorações pelo Sesquicentenário de

nascimento do homenageado, que estão sendo realizadas pelo Tribunal de Justiça da Paraíba

em parceria com o Tribunal de Contas do Estado. Em Umbuzeiro, o evento contou com o apoio

do prefeito local, Thiago Pessoa, sobrinho trineto de Epitácio.

A programação contou com exibição de vídeo, lançamento de selo personalizado, livro em

quadrinhos sobre a vida de Epitácio Pessoa, produzido pela Energisa, e palestra proferida pelo

presidente da Academia Paraibana de Letras (APL) e da Fundação Casa de José Américo,

professor doutor Damião Ramos Cavalcanti, também membro da Comissão de Notáveis.

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Marcos Cavalcanti, dedicou ao ex-

presidente o Ano Judiciário 2015. Ele  destacou que o fato de também ser historiador motivou

às celebrações. “Epitácio escreveu seu nome na História do Brasil, com letras lapidares”,

afirmou.

Os versos do repentista Oliveira de Panelas também estiveram presentes na solenidade; o

poeta fez referências e reverências ao homenageado.

Em nome da família, o embaixador Pardellas se disse emocionado com as homenagens

prestadas na terra natal de Epitácio. “No quesito responsabilidade, procurei imitar do meu avô

o exemplo de honestidade e ética no setor público, que parece escasso hoje em dia”, disse.

Também o sobrinho-neto, professor doutor Roberto Pessoa Filho, agradeceu pelas

homenagens. “Umbuzeiro está em graças. Não só pela iniciativa do Poder Judiciário, guiado

pelo espírito de reconhecimento a um dos maiores juristas que o Brasil já teve. Mas porque

aqui nasceram vultos que continuarão produzindo, não só para nós, mas para os jovens, os

exemplos edificantes para o futuro da Paraíba”, afirmou.

Sesquicentenário – A primeira etapa do Sesquicentenário ocorreu no dia 28 de maio, no

Tribunal de Justiça da Paraíba, com palestra proferida pelo historiador Humberto Mello, e

visita à Cripta, localizada no Palácio da Justiça.

Após a solenidade em Umbuzeiro, os próximos três eventos estão agendados para 6 de agosto,

6 de novembro e 17 de dezembro. Os eventos serão prestigiados com a presença de dois

ministros, Francisco Rezeck e Herman Benjamin.

Valter Nogueira

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS