PBNEWS


Cabedelo

Prefeitura de Cabedelo devolve veículos alugados e reverte quase R$70 mil para ações de enfrentamento ao Coronavírus

A Secretaria de Transporte estima cerca mais de R$ 70 mil em economia no período de esforço concentrado estipulado pelo decreto nº 11/2020.

20/03/2020 08:29

A Prefeitura Municipal de Cabedelo vem adotando medidas emergenciais para o enfrentamento ao Covid-19 na cidade. Uma delas diz respeito à contenção de gastos com veículos locados e combustível. A Secretaria de Transporte estima cerca mais de R$ 70 mil em economia no período de esforço concentrado estipulado pelo decreto nº 11/2020.

Foram entregues 20 carros, inclusive os utilizados pelo prefeito e pelos Secretários.Todos os recursos serão revertidos para ações da Secretaria de Saúde no combate e na prevenção à doença, a exemplo de transporte de pacientes e investimentos em UTI, medicamentos e contratação emergencial de profissionais, caso seja necessário.

“Devolvemos os carros alugados e colocamos à disposição da Sescab 6 veículos que estavam em nosso pátio. Eles vão ajudar no transporte de pacientes e de casos suspeitos, agilizando o atendimento e garantindo que as equipes de Saúde trabalhem com a rapidez e a qualidade que esse tipo de ação sugere”, disse o secretário de Transportes, Danilo Resende.

Todas as Secretarias da Prefeitura estão unidas no enfrentamento ao Coronavírus na cidade, colocando seus carros e seus recursos estruturais à disposição da Saúde.

“Os carros locados foram entregues, gerando essa economia aos cofres públicos, e as pastas que possuem carros próprios colocaram os automóveis à disposição da Sescab, para agilizar o atendimento aos casos suspeitos. Esse valor economizado em contratos vai nos dar suporte para compras e insumos e melhorias em nossa principal unidade de Saúde, o Hospital Municipal, fazendo com que tenhamos um atendimento rápido e seguro para pacientes e profissionais”, destacou o secretário de Saúde, Murilo Wagner.–
Secretaria de Comunicação Social da Prefeitura de Cabedelo

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS