PBNEWS


Cabedelo

Procon de Cabedelo lembra aniversário do Código de Defesa do Consumidor com projeto Repórter Procon Mirim

No evento, que aconteceu no Centro Cultural Mestre Benedito, foi realizada a final da competição, com a apresentação e julgamento das produções das escolas participantes.

11/09/2019 16:24

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), comemorou, nesta quarta-feira (11), os 29 anos de vigência do Código de Defesa do Consumidor. Para marcar a passagem da data, o Procon mostrou os resultados do projeto Repórter Procon Mirim, uma competição de vídeos produzidos por alunos de seis escolas da rede municipal de ensino.

No evento, que aconteceu no Centro Cultural Mestre Benedito, foi realizada a final da competição, com a apresentação e julgamento das produções das escolas participantes. A programação também contou com uma palestra sobre a temática do Direito do Consumidor, proferida pelo professor de Direito, Leandro Carvalho.

“O Procon de Cabedelo vem sempre investindo na educação dos alunos da rede municipal. Temos uma parceria permanente com a Secretaria que tem rendido projetos revestidos de sucesso de participação e produção. O Repórter Mirim é mais uma delas. Pensamos que nosso trabalho inclui o processo de formação do consumidor, através do conhecimento adquirido. Quem participou da produções detém, com certeza, um conhecimento bem maior sobre o órgão de defesa do consumidor, a legislação, sua estrutura, a natureza do trabalho. Essa é uma interação que pretendemos ampliar e, assim, produzir multiplicadores dos direitos e das relações de consumo junto à sua família e comunidade”, comentou o  coordenador geral do Procon, Francinaldo Oliveira.

Competição – Competiram na mostra os vídeos os seguintes documentários: “Direito à Informação”, produzido pela Escola Rosa Figueiredo; “Responsabilidade por vício do produto ou do serviço”, da Adolfo Maia; “Direito ao Arrependimento”, da Elizabeth Ferreira; “Propaganda enganosa e abusiva”, da Miranda Burity; “Garantias”, da Maria Pessoa; e “Cobrança Indevida”, da Escola vereador Pedro Américo.

O resultado final da competição consagrou a escola Major Adolfo Maia como grande campeã, seguida das escolas Miranda Burity e Elizabeth Ferreira. Foram distribuídas medalhas para as escolas campeãs e o 1º lugar recebeu troféu, cheque simbólico e vales compras. A melhor repórter do concurso foi Camilly Emilly Nascimento Silva, de 14 anos, aluna da Escola Adolfo Maia.

“O Procon de Cabedelo merece parabéns pelo trabalho que impacta na localidade, ganha repercussão e reconhecimento em todo estado mas, também, por iniciativas como a do Repórter Procon Mirim, pois trata-se de uma ação que visa a base, o alunado nas escolas. Trata-se da valorização do conhecimento e a formação de cidadãos conhecedores e conscientes de seus direitos”, comentou o diretor do Curso de pós-graduação da Escola Superior de Advocacia, Leandro Carvalho.

A inciativa do Procon contou com parcerias das Secretarias de Educação (Seduc), Esportes, Juventude e Lazer (Sejel) e Cultura (Secult), além do apoio dos Supermercados São Sebastião, Assis, Menor Preço, da empresa São Braz e da loja Style Surf.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS