PBNEWS


Cabedelo

Prefeitura de Cabedelo entrega equipamentos para Associação dos Trabalhadores de Recicláveis

Prefeitura de Cabedelo entrega equipamentos para Associação dos Trabalhadores de Recicláveis

06/09/2019 17:47

Promover a estruturação da coleta seletiva no município e se adequar à Política Nacional de Resíduos Sólidos. Esses são os objetivos da Prefeitura de Cabedelo (PMC) que, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Pesca e Aquicultura (Semapa), entregou, nesta sexta-feira (6), alguns equipamentos a serem empregados no trabalho desenvolvido pela Associação dos Trabalhadores de Recicláveis de Cabedelo (Astrec).

Os equipamentos vão aperfeiçoar o processo de coleta e preparação do material recolhido para a venda e se somam ao apoio que a PMC já dá ao trabalho, como a cessão do galpão de triagem, localizado no Renascer II, e um caminhão. A Astrec passa a contar, a partir de agora, com uma prensa hidráulica, esteira de triagem, elevador de carga, 5 bicicletas (ecociclos) e 15 carrinhos de coleta.

“É com muito orgulho que estou aqui realizando essa entrega, que é mais um passo no sentido de promover melhores condições de trabalho para os catadores de recicláveis no município. Brevemente, teremos também uma nova casa para abrigar os trabalhos, o que significará uma redução de custos para a Prefeitura. Reduzindo custos poderemos investir mais na qualidade de vida dos trabalhadores, sobretudo os catadores que prestam um serviço inestimável e muitas vezes são esquecidos pela poder público. Essa é uma das condições impomos à nossa gestão”, declarou o prefeito Vitor Hugo.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Walber Farias, o trabalho da PMC junto aos catadores já inclui a realização de treinamentos específicos e tem prosseguimento com a aquisição dos equipamentos. Em breve, os catadores também contarão com um novo galpão de triagem que, tanto em estrutura como em equipamentos, poderá vir a ser um dos mais modernos do estado.

“Além de agregar valor aos produtos, contribuir para geração de emprego e melhoria da renda dos catadores, os equipamentos vão permitir a destinação ambientalmente adequada dos produtos recicláveis no município. A proposta, que conta com o apoio integral do governo municipal, vem na hora em que o município passa a adotar as práticas ambientalmente adequadas, medida que atende à legislação federal relativa aos resíduos sólidos e, acima de tudo, proporciona a inclusão social dos catadores no município”, completou.

Além das medidas tomadas até agora, o secretário revelou que está em processo a contratação de empresa para a confecção dos Pontos de Entrega Voluntária de Recicláveis (PEV’s), a serem distribuídos por toda a cidade. Outro ponto a se destacar será a divulgação, via distribuição de panfletos, para que a população e empresas conheçam o trabalho e tenham ciência do comportamento adequado em relação à coleta seletiva.

O projeto cabedelense de coleta seletiva é uma ação integrada que conta, inicialmente, com o apoio de Secretarias como Infraestrutura (Seinfra) e Comunicação (Secom).

“Esse é um trabalho contínuo que vamos aperfeiçoando cada vez mais. Todo esse esforço é no sentido de agregar valor ao produto resultante da coleta mas, sobretudo, contribuir para que os catadores posam desenvolver seu trabalho de forma digna. Em termos de agregação de valor, só com o processo de prensagem, por exemplo, o produto que é vendido hoje por R$ 0,05 o quilo, passará a ser vendido a R$ 0,35”, concluiu o secretário Walber Farias.

Para a presidente da Astrec, Larissa Rodrigues, os equipamentos vão auxiliar o trabalho dos catadores, conferindo mais rapidez e segurança.

“Queremos agradecer à Prefeitura pela oportunidade de poder contar com uma estrutura que nos permite trabalhar de forma integral com a coleta e preparação do material de reciclagem. Agrademos ao apoio que nós é dado em todos os aspectos. Isso mostra reconhecimento e dá dignidade ao nosso trabalho”, disse.

O representante do Movimento Nacional dos Catadores de Reciclagem na Paraíba, Kelson Galdino, elogiou a iniciativa da Prefeitura e ressaltou o trabalho dos catadores em favor do meio ambiente.

.“Esse é um momento muito importante não só para os trabalhadores de recicláveis, mas também para a Secretaria de Meio Ambiente e para a Prefeitura como um todo. Unimos aqui o útil ao agradável através de uma gestão voltada para o povo e que observa com atenção uma categoria que tem necessidades extremas, sobretudo de reconhecimento pelo trabalho prestado à população e em favor do meio ambiente, que influi na saúde e em outros setores da sociedade”.

Galpão – O Galpão de Triagem de Coleta Seletiva que integra o projeto de preservação ambiental em processo de implantação na atual gestão será construído com recursos advindos do Fundo Municipal do Meio Ambiente, num investimento de R$ 250 mil. A construção atende ao que prevê a lei federal nº 12.305/10, e busca aplicar a política de coleta seletiva no município de Cabedelo.

A reciclagem ocupa, hoje, um galpão provisório, no bairro do Renascer II. Com a construção do novo galpão – a ser localizado no bairro do Portal do Poço (perto da Vitrium) –  o processo de triagem de resíduos descartados pelos domicílios e empreendimentos comerciais deverá ser otimizado.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS