PBNEWS


Cabedelo

Educação reúne Agentes de Saúde para discutir Programa Busca Ativa Escolar do Unicef

A iniciativa prevê a participação dos agentes no processo de redução da evasão escolar

11/07/2019 16:32

 A Secretaria de Educação de Cabedelo (Seduc), por meio da Comissão do Selo Unicef, realizou, nesta quinta-feira (11), uma reunião com os Agentes de Saúde do Município (ACSs) para a apresentação do Programa Busca Ativa Escolar. O programa é uma ferramenta que tem por objetivo reforçar, com apoio dos 13 ACSs do município, as estratégias locais no combate à evasão escolar.

Cabedelo fez a adesão ao programa em fevereiro e, desde então, está reunindo os grupos prioritários (saúde, educação e assistência social) para apresentar, discutir e planejar a ação. Atualmente o município possui um número aproximado de 960 crianças entre 6 a 17 anos que estão fora da escola.

“É impossível desconsiderar os números que mostram o índice de evasão escolar em nosso município. Eles constituem uma preocupação da gestão educacional e fazem parte dos desafios a serem vencidos, de acordo com o Unicef. É preciso promover a inclusão e permanência de crianças e adolescentes na escola para que possam aprender e se desenvolver. Esperamos com essa ação, via plataforma do Busca Ativa e da mobilização desses profissionais, encaminhar esses alunos às nossas escolas, superando assim os indicadores de evasão escolar”, declarou a articuladora do Selo Unicef em Cabedelo, Nadja Santos.

De acordo com Nadja, o programa funciona com base na reunião de representantes de diferentes áreas – Educação, Saúde, Assistência Social, Planejamento – dentro de uma mesma plataforma. A ação se concretiza com a participação de cada pessoa ou grupo, assumindo um papel específico, que vai desde a identificação de uma criança ou adolescente fora da escola até a tomada das providências necessárias à matrícula e a permanência do aluno na escola.  

Todo o processo é feito pela Internet e a ferramenta pode ser acessada em qualquer dispositivo, desde os computadores de mesa até os celulares (smartphones). Mas também pode ser viabilizada através de formulários impressos para agentes comunitários e técnicos verificadores que não tem acesso a dispositivos móveis.

            Plataforma – A Busca Ativa escolar é uma plataforma gratuita para ajudar os municípios a combater a exclusão escolar, desenvolvida pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e o Instituto Tim.

            A intenção é apoiar os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão. Por meio da Busca Ativa Escolar, os municípios e estados terão dados concretos que possibilitarão planejar, desenvolver e implementar politicas públicas que contribuam para a inclusão escolar.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS