PBNEWS


Cidades

Vereador comemora resultado das ações do Extremotec

O vereador Thiago Lucena (PMN) comemorou o resultado das ações realizadas a partir do Polo de Tecnologia Extremo Oriental das Américas (Extremotec), fruto de uma Indicação sua ao Executivo. Ao discursar em tribuna, durante a sessão ordinária desta quarta-feira (2), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), o parlamentar frisou que a redução de 60% […]

03/10/2019 10:09

O vereador Thiago Lucena (PMN) comemorou o resultado das ações realizadas a partir do Polo de Tecnologia Extremo Oriental das Américas (Extremotec), fruto de uma Indicação sua ao Executivo. Ao discursar em tribuna, durante a sessão ordinária desta quarta-feira (2), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), o parlamentar frisou que a redução de 60% do Imposto Sobre Serviço (ISS) tem atraído empresas de Tecnologia da Informação para a Capital e que, apesar da redução do tributo, o nicho foi responsável por elevar em 45% a arrecadação de ISS de 2017 para 2018.

“São números surpreendentes, isso é política pública geradora de emprego. Agradecemos o acolhimento da Prefeitura, ao reconhecer a sugestão e implementar o Extremotec. A previsão inicial era de quatro anos para a cidade obter resultados com a redução do ISS de 5% para 2%. Apesar da diminuição de 60% do imposto, a arrecadação aumentou”, destacou Thiago Lucena.

Para o vereador, mão de obra barata e qualificada têm sido primordial para que multinacionais e empresas de menor porte do setor de Tecnologia da Informação se fixem em João Pessoa. Segundo ele, universitários e profissionais capacitados não dependem apenas de vagas fora da Paraíba para arranjar emprego.

“João Pessoa está avançando em inovação e, como sempre falei, esta cidade é nossa startup. Devemos fazer com que ela cresça. O futuro do Extremotec é o nosso futuro. Já se viu que o incentivo criado tem dado certo. Precisamos continuar trabalhando, levantar mais ideias. O Poder Público precisa manter seus dados abertos e encorajar incubadoras de empresas”, sugeriu Thiago Lucena, acrescentando que nada disso evoluirá se, em paralelo, não houver investimento em educação.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS