PBNEWS


Cidades

Mobilidade urbana, transporte por aplicativos e Extremotec serão temas de discussão na CMJP

O Legislativo Municipal Pessoense ainda vai homenagear 598 alunos com o ‘Diploma Estudante Destaque José Lins do Rego’

04/10/2019 13:19

No período entre os dias 7 e 11 de outubro, as tardes da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) estarão movimentadas com três discussões e uma homenagem. O Legislativo Municipal vai debater o ‘Plano Diretor de Mobilidade Urbana’, a regulamentação do transporte por aplicativo e o impacto do Extremotec na Capital paraibana, além de homenagear 598 estudantes. Serão realizadas duas sessões especiais, uma solene e uma audiência pública.

Na terça-feira (8), a partir das 14h, será realizada uma sessão especial para debater o ‘Plano Diretor de Mobilidade Urbana da Microrregião de João Pessoa’. A discussão, proposta pelo vereador Tibério Limeira (PSB), acontece no Plenário Senador Humberto Lucena, na sede do Legislativo Pessoense.

Tibério Limeira destacou que o Plano Diretor de Mobilidade será o principal instrumento de planejamento dos sistemas de circulação e transporte nos próximos anos. Segundo ele, por meio do Plano serão definidas diretrizes e propostas, que deverão ser consolidadas como lei, para que a Microrregião de João Pessoa tenha uma mobilidade de melhor qualidade. “Como presidente da Frente Parlamentar de Mobilidade Urbana, solicitei essa sessão especial para que sejam divulgadas informações sobre o andamento do Plano, como o objetivo de fomentar e facilitar o acesso às políticas de mobilidade urbana que estão sendo desenvolvidas e implementadas em nossa cidade”, justificou o autor da proposta.

Na quarta-feira (9), às 14h30, acontece uma sessão solene para entregar o ‘Diploma Estudante Destaque José Lins do Rego’ a 598 alunos, de escolas públicas e privadas da cidade, que se destacaram em Olimpíadas do Conhecimento. A solenidade, proposta pela vereadora Eliza Virgínia (PP), será realizada no Centro de Convenções Poeta Ronaldo Cunha Lima, na Rodovia PB 008, Km 5, s/n, no Polo Turístico.

“Esses alunos destaque alcançaram a 1ª, 2ª e 3ª colocação em olimpíadas e concursos de disciplinas constantes na Base Nacional Comum Curricular, que aconteceram em forma de competição de conhecimentos intelectuais e/ou tecnológicos. Com essa homenagem, queremos incentivar esses estudantes a continuarem se destacando e servindo de exemplo para outros alunos”, defendeu a vereadora.

Uma sessão especial, proposta pelo vereador Lucas de Brito (PV), acontecerá na quinta-feira (10), a partir das 14h30, no Plenário da CMJP. O parlamentar pretende discutir a “regulamentação do serviço de transporte remunerado privado individual de passageiros, realizado por intermédio de operadoras de tecnologia em João Pessoa”.

Lucas de Brito é autor de um projeto de lei sobre o tema, que encontra-se com a tramitação suspensa, a pedido das categorias envolvidas com o assunto e da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP), para que todos contribuam com a legislação, que será debatida durante a sessão especial.

Encerrando os eventos da semana, na sexta-feira (11), às 14h, será realizada uma audiência pública para discutir o impacto do Polo de Tecnologia Extremo Oriental das Américas (Extremotec), na Capital paraibana. A discussão, proposta pelo vereador Thiago Lucena (PMN), acontece na Estação das Artes, no Anexo da Estação Cabo Branco – Ciências, Cultura e Artes, na avenida João Cirilo da Silva, no bairro Altiplano.

O vereador Thiago Lucena destacou que pretende discutir e expor o impacto que o Extremotec causou em toda a cidade desde sua criação, em 2017, atraindo grandes empresas multinacionais. Segundo ele, essas empresas estão se instalando na Capital paraibana em busca de três ativos fundamentais para o fomento de seus negócios: benefício fiscal, mão de obra qualificada e qualidade de vida. “Discutiremos todos os benefícios já gerados e promoveremos um estudo sobre o que ainda pode e deve ser melhorado, para que João Pessoa venha a ser reconhecida como um grande Centro Tecnológico”, justificou.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS