PBNEWS


Cidades

Guardas Municipais ganharão PCCR, plano de aposentadoria e reajuste salarial

Com a promessa de um iminente reajuste salarial, plano de aposentadoria e Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), o Dia da Guarda Municipal (GM) – celebrado em 10 de outubro – foi comemorado na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), na manhã desta sexta-feira (18). A sessão especial foi proposta e presidida pelo vereador […]

18/10/2019 17:19


Com a promessa de um iminente reajuste salarial, plano de aposentadoria e Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), o Dia da Guarda Municipal (GM) – celebrado em 10 de outubro – foi comemorado na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), na manhã desta sexta-feira (18). A sessão especial foi proposta e presidida pelo vereador Milanez Neto (PTB), secretariada por Marcos Henriques (PT) e contou com a presença de Humberto Pontes (Avante).

O autor da solenidade destacou o aumento de responsabilidades e atribuições da corporação – antes focadas no patrimônio público –, que há dois anos trabalha com o uso de arma de fogo. Ele ainda destacou a convocação de mais de 300 guardas e que o cargo de comandante da corporação é ocupado por um de seus integrantes.

“Avançamos, mas precisamos vamos fazer mais. Progredimos na garantia da nova sede, no Centro, de mais armamento, veículos e fardamento. Agora, teremos que conseguir melhor remuneração para a GM, com a discussão de um plano de aposentadoria e do PCCR. Como líder do governo, tenho certeza de que o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), está quebrando a cabeça para a concessão desse reajuste salarial, algo que quero comemorar ano que vem”, garantiu Milanez Neto.

Corporação é mais requisitada

O promotor de Justiça João Geraldo enfatizou que o trabalho do Ministério Público está diretamente ligado à ações de órgãos de segurança, como a GM, e destacou como o ofício da corporação está alinhado com o da Polícia Militar, tanto em responsabilidades, quanto em importância. “Sinto-me feliz em ver as pessoas dizendo “avisa ao guarda” ou “telefona para a Guarda Municipal’”, lembrou. “Vejo em vocês o amor em servir, pela nossa profissão, pelas pessoas que mais necessitam de nossa ajuda”, relatou o Coronel Sena, da Polícia Militar.

Atuação dos vereadores a favor dos guardas

Segundo Marcos Henriques, garantir a existência de diálogo entre a Gestão Municipal e a categoria é a melhor forma de assegurar caminhos para a valorização e o reconhecimento da Guarda. “Como sindicalista, me inquieto, e não poderia ficar calado. A GM apresentou uma pauta de negociação, ano passado, que foi tratada com desdém pela Gestão Municipal. Além disso, a categoria, ao se mobilizar, sofre perseguição. Peço tranquilidade, parceria e sobretudo que a direção da Guarda possa dialogar com a categoria. Queremos guardas que trabalhem com dignidade e com um salário digno, que não seja um dos piores do Brasil. Nosso mandato está aberto para auxiliá-los e para dialogar a favor de vocês”, comprometeu-se o líder oposicionista na CMJP.

Ronda Maria da Penha não perde mulheres para a violência

De acordo com o secretário de Segurança Urbana e Cidadania, Sargento Dênis Soares, a Ronda Maria da Penha, que hoje atende 33 mães, acontece há dois anos e, nesse tempo, nenhuma das mulheres acompanhadas foi perdida para a violência. Já a secretária de Habitação, Socorro Gadelha, evidenciou a presença dos guardas municipais nos complexos habitacionais que a Prefeitura tem entregado à população, intensificando a segurança no entorno de postos de saúde e escolas. Nestas, a GM realiza um ciclo de palestras para os estudantes, abordando o bullying, a violência contra a mulher, a segurança e o combate às drogas.

“Este é um momento de reconhecimento ao trabalho de todos da Guarda, momento de comemorar os avanços conseguidos, inclusive na valorização da categoria, apesar de não negarmos que há problemas e que eles estão sendo encarados. A categoria nos honra em se fazer presente em todos os recantos do Município”, ressaltou Humberto Pontes.

Sem casos de mal uso de armas

Na oportunidade, o comandante da GM, Diogo Guedes, firmou um compromisso com Marcos Henriques de estreitar os os laços entre o parlamentar e a categoria para caminharem juntos a favor das negociações em torno da Guarda Municipal. Ele confirmou que, há dois anos, a corporação trabalha com equipamento letal e, até então, não houve qualquer ocorrência registrada em relação ao mal uso das armas de fogo. Diogo ainda comemorou a assinatura recente de licitação para aquisição de equipamentos e materiais, como coturnos, capacetes e coletes, sendo algumas das aquisições provenientes de proposituras dos vereadores Milanez Neto e Damásio Franca (PP).

“São 110 postos na cidade garantindo cidadania, prevenção à violência e segurança aos cidadãos. Tenho orgulho do nosso trabalho. Agradeço a todos vocês [guardas], ‘heroicos desde a origem’”, parabenizou a corporação, Diogo Guedes, fazendo alusão ao emblema estampado no brasão da GM. “O principal problema da Guarda é conquistar um salário melhor. O prefeito nomeou uma comissão para trabalhar na reforma de nosso PCCR e também já está em análise a questão do aumento salarial. Não admito menos do que vitória para nossa Guarda”, complementou.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS