PBNEWS


Cidades

Prefeitura monta força-tarefa para auxiliar vítimas das fortes chuvas na cidade

unicípio de Cabedelo registrou mais de 200mm de nível pluviométrico nas últimas 30 horas, elevando o nível de alerta em virtude das chuvas, fazendo com que autoridades e gestão pública dessem início a um importante trabalho de monitoramento, que começou ainda na noite da quarta-feira (12). São cerca de 70 famílias desabrigadas, além de um […]

14/06/2019 16:19

unicípio de Cabedelo registrou mais de 200mm de nível pluviométrico nas últimas 30 horas, elevando o nível de alerta em virtude das chuvas, fazendo com que autoridades e gestão pública dessem início a um importante trabalho de monitoramento, que começou ainda na noite da quarta-feira (12).

São cerca de 70 famílias desabrigadas, além de um intenso trabalho conjunto empreendido entre órgãos como a Defesa Civil do município, Secretarias de Assistência Social, Infraestrutura e Gabinete do prefeito. Juntos, eles formam o comitê gestor da crise causada pelas enchentes e alagamentos em bairros como Renascer, Camboinha, Jacaré, Castelinho, Oceania, Jardim Alfa Beta & Gama, dentre outros atingidos pelas águas.

Para buscar amenizar os efeitos dos prejuízos causados pelas chuvas, a gestão municipal desencadeou uma série de ações, através de uma força-tarefa que visa atender às famílias que encontram-se em estado de vulnerabilidade social com os estragos causados pela invasão das águas em suas residências, alagando bairros e comunidades.

Para tanto, os serviços começaram já no início da manhã desta sexta-feira (14) e se estenderão o tempo necessário para que toda população atingida seja atendida.

Saúde – Equipes da Secretaria Municipal de Saúde se deslocaram até as comunidades Castelinho e Oceania, duas das mais atingidas, onde um dos abrigos foi improvisado na Escola Municipal Professor Altimar de Alencar Pimentel, quando deram início aos primeiros atendimentos, e ofertaram uma série de serviços, como assistência médica ambulatorial, triagem dermatológica, aferiação de pressão arterial, além de um lanche, que foi servido no local.

Um médico pediatra e dois clínicos gerais ficaram à disposição da população durante todo o trabalho, que ainda contou com a distribuição de medicamentos.

Assistência Social – A Secretaria Municipal de Assistência Social levantou todo o quadro de necessidades da população mais viulnerável neste momento, e monitora a situação de perto.

Desde o iníco da tarde de hoje, equipes da Semas distribuem roupas, colchões, cestas básicas e cobertores nas comunidades Oceania e Castelinho, as mais afetadas pelos temporais.

Seinfra – Para enfrentar os problemas causados na infraestrutura da cidade, equipes da Seinfra estão nas ruas fortalecendo o serviço de limpeza de bueiros e galerias pluviais, além de um importante trabalho de abertura de valas, que servem de canais de escoamento das águas que se acumulam e alagam bairros e comunidades.

O monitoramento da Defesa Civil segue 24 horas por dia, com todas as equipes em plantão permanente e de prontidão para atender ao chamamento da população a qualquer hora do dia através do número 199.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS