PBNEWS


Cidades

CMJP aprova reajuste de 4,17% para servidores da Educação do Município

Na votação desta quarta-feira (15), ainda foram apreciados cinco Vetos do Executivo

16/05/2019 11:31

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) aprovou, de forma unânime, um reajuste de
4,17% no vencimento dos servidores da Secretaria Municipal de Educação e Cultura
(Sedec), durante a votação desta quarta-feira (15). Na ocasião, ainda foram mantidos
cinco Vetos do Executivo Municipal.
A MP 069/2019 aprovada concede o reajuste linear de 4,17% no vencimento básico dos
servidores integrantes do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) dos
profissionais da Educação de João Pessoa. O benefício se estende para os proventos de
aposentados e pensionistas, e tem efeitos financeiros retroativos a 1º de janeiro de 2019.
No documento, o Executivo Municipal destaca que a capacitação, formação, valorização
e, fundamentalmente, a motivação do servidor público fazem a diferença para elevar a
qualidade dos serviços prestados pelo Município de João Pessoa. “Ademais, constitui-se
como um dos princípios e finalidades da legislação municipal a valorização e a
remuneração condigna dos profissionais da Capital. O presente expediente normativo visa
a dar concretude à necessidade de valorização desses profissionais”, defende o texto da
MP.
Ao votar pela aprovação da matéria, o líder da bancada de oposição na CMJP, vereador
Marcos Henriques (PT), ressaltou que o reajuste foi acordado entre a Prefeitura Municipal
de João Pessoa (PMJP) e o sindicato da categoria, restando a ele apenas ser favorável à
aprovação da matéria.
Já o líder da situação, vereador Milanez Neto (PTB), disse que, mesmo em momento de
crise no país, com a redução de investimentos em Educação, a Prefeitura da Capital
avançou, concedendo mais um reajuste para os profissionais da Educação do Município.
“Essa gestão tenta sempre priorizar a Educação de nossa cidade e, com esse reajuste,
demonstra seu compromisso com a valorização das pessoas que constroem uma João
Pessoa melhor”, enfatizou.
O vereador Lucas de Brito (PV) também declarou seu voto exaltando a ação do Executivo
Municipal. “Para continuar seu trabalho por uma educação melhor em nossa cidade, a
Gestão Municipal concede esse reajuste aos profissionais da área. Vemos cortes nos
investimentos para educação feitos pelo Governo Federal e pelo Governo Estadual, que
reduziu o orçamento da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Na contra mão
desses movimentos federal e estadual, a Prefeitura investe na inauguração de novos
Centros de Referência em Educação Infantil (Creis), em reforma de escolas e na
concessão de reajuste ao profissionais da área”, comentou.
Lucas de Brito ainda lembrou que a qualidade da alimentação oferecida na Rede
Municipal de Ensino da Capital é referência no país, sendo destaque em uma seleção
realizada pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), dentro do

Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS