PBNEWS


Cidades

Rômulo Soares se dispõe a contribuir para tornar o CRA-PB referência nacional

Rômulo Soares se dispõe a contribuir para tornar o CRA-PB referência nacional Transformar o Conselho Regional de Administração da Paraíba (CRA-PB) em modelo nacional. Este é o objetivo do conselheiro efetivo Rômulo Soares Lima, que se disse muito honrado de integrar um grupo tão seleto de novos titulares e suplentes (2/3) recém-empossados no Órgão.

10/01/2019 08:46

Rômulo Soares se dispõe a contribuir para tornar o CRA-PB referência nacional

Transformar o Conselho Regional de Administração da Paraíba (CRA-PB) em modelo nacional. Este é o objetivo do conselheiro efetivo Rômulo Soares Lima, que se disse muito honrado de integrar um grupo tão seleto de novos titulares e suplentes (2/3) recém-empossados no Órgão.

Para ele, também é honroso saber que a Paraíba tem uma representação competente entre os conselheiros federais. Rômulo deixou claro que a ideia da nova diretoria é abrir diálogo com todos os administradores da Paraíba e proporcionar, cada vez mais, o reconhecimento dessa categoria que é grande e muito forte no Estado.

“Com a experiência adquirida ao longo dos anos como presidente do Creci-PB, pretendo apresentar algumas inovações, juntamente com o presidente Geraldo Rosa, para que possamos continuar proporcionando cada vez mais eficiência ao CRA da Paraíba”, frisou.

Capacitação e experiência

Ele elogiou os novos conselheiros e disse que todos são profissionais capacitados (administradores e professores), com ampla experiência, que atuam direta e indiretamente na área da administração de empresas. “Temos uma expectativa muito forte de que o CRA ocupará seu espaço como entidade que vai representar bem na Paraíba e nacionalmente os administradores de empresas”, vaticinou Rômulo.

Na última segunda-feira, foram empossados durante sessão plenária, 2/3 (seis titulares e seis suplentes) dos membros da diretoria, bem como eleitos e empossados os membros da nova diretoria.

Propósito comum

Os 2/3 se somaram a mais 1/3 (três titulares e seus respectivos suplentes) que permaneceram nos mandatos, totalizando nove titulares e suplentes. “Os nove conselheiros, titulares e suplentes, comungam de um mesmo propósito, que desenvolver uma gestão de excelência, marcada por resultados os mais positivos”, afirmou o presidente Geraldo Rosa. 

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS