PBNEWS


Cidades

Banhistas podem aproveitar 49 praias do litoral paraibano

Em João Pessoa, os banhistas devem evitar quatro trechos na praia de Manaíra, três dos quais estão localizados na Avenida João Maurício: em frente às ruas Elizeu Candido Viana, Bananeiras e Av. São Gonçalo.

11/01/2019 19:44


O litoral paraibano está com 49 praias classificadas como próprias para o banho, de acordo com relatório emitido esta semana pelo laboratório da Coordenadoria de Medições Ambientais (CMA) da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema). As advertências aos banhistas se resumem a trechos localizados em sete praias identificadas como impróprias.

Em João Pessoa, os banhistas devem evitar quatro trechos na praia de Manaíra, três dos quais estão  localizados na Avenida João Maurício: em frente às ruas Elizeu Candido Viana, Bananeiras e Av. São Gonçalo. Evitar também o trecho próximo da galeria pluvial no final da Ruy Carneiro.

Ainda na Capital, a praia de Cabo Branco está considerada imprópria nos seguintes trechos: no final das ruas Av. Monsenhor Odilon Coutinho e Av. Buarque; próximo à desembocadura da galeria pluvial ao final da rua Gregório Pessoa de Oliveira; no final da rua Áurea, próximo à desembocadura da galeria pluvial e na rotatória do final da Av. Cabo Branco.

Já na praia do Seixas, também em João Pessoa, não está aproriado para o banho o trecho próximo à desembocadura da galeria pluvial localizada nas proximidades do farol do Cabo Branco e também na desembocadura da galeria pluvial na rua dos Pescadores; enquanto na praia da Penha, deve-se evitar o banho próximo à desembocadura do rio do Cabelo; e na praia de Jacarapé, perto da desembocadura do rio Jacarapé; e na praia do Arraial, próximo à desembocadura do rio Cuiá.

No município de Pitimbu, foi considerado impróprio o trecho que fica à esquerda da desembocadura do Riacho Velho, na praia de Maceió.

A Sudema também recomenda que os banhistas evitem o banho 100 metros à direita e 100 metros à esquerda das galerias pluviais. As demais praias litorâneas estão classificadas como excelente, muito boa e satisfatória, e este relatório é válido até o dia 18 de janeiro. Recomenda-se ainda que evitem os trechos de praias localizados em áreas frontais a desembocaduras de galerias de águas pluviais, principalmente se houver indício de escoamento recente.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS