PBNEWS


Cidades

“Recomendação sobre porte de arma de fogo coroa esforço conjunto de Sindicatos”, diz direto

O diretor jurídico do Sindojus-PB, Alfredo Miranda, exaltou o esforço desenvolvido conjuntamente com entidades coirmãs dos estados do Distrito Federal, Pará, Alagoas, Pernambuco e Maranhão, que resultou recentemente, na recomendação do diretor executivo da Polícia Federal Rogério Garollo aos Superintendentes Regionais de que, após análise do caso concreto, seja deferido porte de arma de fogo […]

09/11/2017 23:13

O diretor jurídico do Sindojus-PB, Alfredo Miranda, exaltou o esforço desenvolvido conjuntamente com entidades coirmãs dos estados do Distrito Federal, Pará, Alagoas, Pernambuco e Maranhão, que resultou recentemente, na recomendação do diretor executivo da Polícia Federal Rogério Garollo aos Superintendentes Regionais de que, após análise do caso concreto, seja deferido porte de arma de fogo a Oficiais de Justiça que efetivamente atuem em regiões de alta periculosidade ou cumpram medidas judiciais graves e de risco.
Ele destacou ser esta uma antiga luta do Sindojus-PB, que tem no diretor-secretário Joselito Bandeira um de seus maiores entusiastas e lembrou que o assunto foi objeto, meses atrás, de reunião de ambos e representantes dos referidos Sindojus com o diretor executivo da PF, ocasião em que solicitaram providências inadiáveis quanto aos reiterados indeferimentos a pedidos de porte de arma formulados pelos Oficiais de Justiça e demonstraram de forma fundamentada a sua necessidade.
O presidente Benedito Fonsêca também mostrou-se gratificado com o atendimento pela Polícia Federal, desse direito defendido incansavelmente pela atual gestão do Sindojus-PB.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS