PBNEWS


Cidades

Luciano Cartaxo assina contrato de R$ 70 milhões para pavimentação de quase 500 ruas

O senador Raimundo Lira destacou sua participação ao lado do vice-prefeito, Manoel Junior, para agilizar o empenho e a liberação dos recursos no Ministério do Planejamento.

10/10/2017 15:13

O prefeito Luciano Cartaxo assinou nesta terça-feira (10) com a Caixa Econômica Federal (CEF) um contrato de R$ 70 milhões destinados à pavimentação de ruas e avenidas de João Pessoa nos próximos meses. Os recursos foram obtidos por meio de articulação da gestão municipal com a bancada federal da Paraíba – representada na solenidade pelo senador Raimundo Lira – que destinou uma emenda impositiva à Prefeitura, e já estão garantidos no Orçamento Geral da União. Com os investimentos que vêm sendo realizados nas vias da cidade, a administração chegará a um total de R$ 94,6 milhões investidos no calçamento e pavimentação asfáltica de 154 quilômetros da malha viária. Serão 496 vias beneficiadas em toda a cidade.

O novo contrato foi firmado com o superintendente regional da Caixa Econômica, Marcus Vinicius Neves, durante solenidade no auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM), que contou também com a presença de vereadores e do presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro. Em um processo de diálogo e construção coletiva com a gestão, os deputados e senadores paraibanos destinaram R$ 140 milhões de emenda impositiva de bancada para João Pessoa. Os R$ 70 milhões, portanto, correspondem à primeira metade do valor global, visto que o Ministério do Planejamento, em função de cortes no orçamento federal, contingenciou a outra metade de tudo o que as bancadas definiram em emendas para estados e municípios.

Segundo Luciano Cartaxo, a Prefeitura já vem realizando as operações Ação Asfalto e Tapa Buraco para recuperar as vias danificadas durante o inverno, que foi um dos mais rigorosos das últimas décadas. Apenas por meio da Ação Asfalto estão sendo recapeados mais de 22 quilômetros de vias, principalmente nos maiores corredores de transporte público da Capital. Agora, há um planejamento estabelecido para priorizar, além dos caminhos por onde circulam os ônibus, a pavimentação e calçamento das principais passagens em todos os bairros da cidade, sobretudo aquelas previstas no Orçamento Participativo, e as interligações entre bairros.

“Com planejamento, diálogo e muito trabalho, pudemos firmar esta parceria com a nossa bancada no Congresso Nacional e realizar este significativo programa de investimentos na mobilidade de nossa Cidade. São quase R$ 100 milhões, se somarmos os recursos próprios. Não é fácil viabilizar um investimento deste porte em plena crise econômica. Mas estamos seguros da eficácia desse modelo de gestão por resultados que nós implantamos e vamos seguir avançando”, ressaltou Cartaxo, acrescentando: “João Pessoa tem muito a agradecer a toda a nossa bancada federal, que teve a sensibilidade e mais uma vez demonstra espírito público e grandeza para defender os interesses da população, independente de diferenças partidárias”.

O senador Raimundo Lira destacou sua participação ao lado do vice-prefeito, Manoel Junior, para agilizar o empenho e a liberação dos recursos no Ministério do Planejamento. “Esse momento é resultado de um trabalho coletivo. Represento a bancada federal paraibana porque os recursos são fruto de uma emenda impositiva e porque acompanhei e tomei todas as providências em Brasília, ao lado de Manoel Junior, no sentido de agilizar o empenho e a liberação destes recursos, que são um valor significativo não só para João Pessoa, mas para qualquer Capital do país”, afirmou.

O vice-prefeito, Manoel Júnior, que, junto com Luciano Cartaxo, atuou na articulação com os deputados e senadores da Paraíba, diz que a luta a partir deste momento é para assegurar até o final do ano o empenho dos outros R$ 70 milhões contingenciados pelo Governo Federal. “Enquanto nossa equipe trabalha aqui para pavimentar as ruas, seguimos pressionando os ministérios para trazer mais investimentos. Em momentos de crise como esse, é preciso atuar com criatividade e ir buscar novos recursos onde houver disponibilidade”, salientou Manoel.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS