PBNEWS


Cidades

Sindojus-PB intensifica diálogo com TJ-PB para viabilizar atendimento a reivindicações

O presidente do Sindojus-PB, Benedito Fonsêca, considerou bastante positiva a reunião ocorrida quarta-feira com o desembargador-presidente do TJ-PB, Joás de Brito Filho, em atendimento a pedido exclusivo formulado pela entidade quando do recente ciclo estadual de fóruns orçamentários, pelas particularidades decorrentes do cargo, mas que contou com a participação de outras entidades, diante de questões […]

09/09/2017 14:41

O presidente do Sindojus-PB, Benedito Fonsêca, considerou bastante positiva a reunião ocorrida quarta-feira com o desembargador-presidente do TJ-PB, Joás de Brito Filho, em atendimento a pedido exclusivo formulado pela entidade quando do recente ciclo estadual de fóruns orçamentários, pelas particularidades decorrentes do cargo, mas que contou com a participação de outras entidades, diante de questões comuns, como concurso público, data-base 2018, incorporação de auxílios, reforma do PCCR, desinstalação de Comarcas e medidas da Resolução 219/2016.
Segundo o desembargador Joás, com o atual orçamento, o Poder Judiciário estadual não tem condições de atender às reivindicações, mas que na próxima segunda-feira (11) encaminhará Projeto de Lei Orçamentária 2018 à Secretaria estadual de Planejamento e afirmou que continuará aberto ao diálogo através de novas reuniões para discutir assuntos de interesse da categoria, a exemplo da data-base.
“A partir do momento em que sentamos à mesa para discutir uma pauta, iniciamos um processo de convergência e consolidação de propósitos”, declarou Benedito, que enalteceu a importância do diálogo franco e permanente e manifestou apoio ao desembargador-presidente na luta do TJ-PB pelo devido repasse do duodécimo por porte do governo do estado, por todos fazerem parte de um só Judiciário.
Na ocasião, ele solicitou a disponibilidade das matérias que tramitam pelo TJ-PB sobre a Resolução 219 e pela desinstalação de Comarcas, no que foi prontamente atendido, junto ao pedido de noutra oportunidade, ocorrer uma reunião exclusiva com o Sindojus-PB, para tratar de questões pertinentes apenas a categoria.
“Voltaremos a discutir todos esses temas após a definição do nosso projeto de Lei Orçamentária”, concluiu Benedito, que esteve acompanhado do diretor secretário geral Joselito Bandeira.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS